A+ / A-

Padre da nunciatura em Washington suspeito de pornografia infantil

15 set, 2017 - 13:38

O Vaticano chamou de volta a Roma o sacerdote, que está agora a ser investigado pelas autoridades da Santa Sé.
A+ / A-

Um padre, funcionário da nunciatura apostólica em Washington, é suspeito de ter violado as leis americanas a respeito de imagens de pornografia infantil.

Numa nota divulgada esta sexta-feira pela sala de imprensa da Santa Sé, informa-se que, de acordo com as normas diplomáticas, o sacerdote foi imediatamente chamado a Roma, onde está agora a ser investigado pelas autoridades.

“O Promotor de Justiça abriu uma investigação e já deu início a colaboração internacional para obter elementos relativos a este caso”, diz o comunicado da Santa Sé, sublinhando que, nesta fase, a investigação é confidencial.

Não existe qualquer informação sobre a nacionalidade ou idade do padre que trabalhava na representação diplomática da Santa Sé em Washington.


guialiga19_20_banner
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.