O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
FC Porto

Chaínho. "Derrota não é alarmante e vai servir para aprender"

14 set, 2017 - 12:50

Antigo médio dos dragões não está preocupado com o desaire frente ao Besiktas, mas detecta uma deficiência na equipa de Sérgio Conceição: "Laterais não se podem projectar tanto no ataque, como fazem no campeonato".
A+ / A-

O FC Porto perdeu em casa com o Besiktas por 3-1 para a Liga dos Campeões.

Depois de cinco vitorias em cinco jogos realizados no campeonato, sem sofrer qualquer golo, a estreia europeia foi bastante negativa para o conjunto orientado por Sérgio Conceição.

Para o antigo médio do FC Porto Carlos Chainho, a derrota não é alarmante e vai servir para a equipa aprender.

"Há que dar mérito ao Besiktas que, por vezes, foi realmente a melhor equipa. Mas é uma derrota que não me assusta, a prestação foi positiva e não vejo nada de grave aqui. Não é alarmante e a partir deste jogo há que aprender e tirar ilações do que pode fazer nos jogos europeus", referiu a Bola Branca.

Chainho não ficou preocupado com a derrota, mas deixa um alerta. A equipa não pode jogar na Champions como o faz na Liga Portuguesa.

"Não é pelo primeiro deslize que as pessoas têm de procurar fantasmas. No entanto, na Europa, por vezes, há que jogar doutra maneira. O Porto é uma equipa pressionante e projecta muito os laterais. Nestes jogos há que ter mais calma. Quando o meio campo é mais povoado e mais pressionante, a equipa tem mais êxito. Mas o FC Porto tem capacidade para estar ao mais alto nível em todas as competições, nacionais e internacionais", concluiu.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • hp
    14 set, 2017 açores 13:30
    Jogar de peito aberto só dá para as provas internas (retirando os jogos grandes), na champions jogar em 4*4*2 só com 2 jogadores no meio campo é suicídio...espero que o Sergio Conceição tenha aprendido e que os jogadores tenham percebido que não vão imbativeis...