O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Passos acusa Governo de deixar Serviço Nacional de Saúde “à míngua"

13 set, 2017 - 23:50

"Se contarmos os aumentos de salários, ficou menos para gastar na saúde do que no ano anterior", acrescentou.
A+ / A-

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, acusa o Governo de deixar "à míngua" os serviços de saúde e alerta os portugueses de que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) não aguentará mais quatro anos de subfinanciamento.

"Não vemos como é que é possível manter o Serviço Nacional de Saúde assim nos próximos quatro anos", afirmou Pedro Passos Coelho, alertando que se "se mantiver uma lógica de usar a margem de manobra para fazer política populista e demagógica e depois deixar os serviços à míngua", a deterioração da qualidade "será muito grave".

O aumento da "dívida" e a "queda significativa" da despesa capital na área da saúde são alguns dos factores apontados pelo presidente do PSD como causas da degradação do SNS, sector em que, afirmou, "se contarmos os aumentos de salários, ficou menos para gastar na saúde do que no ano anterior".

Por isso, acrescentou: "as unidades de saúdes não sabem para onde se hão de virar" e alertou que só "aqueles que tem seguros ou outros esquemas de saúde poderão aceder a respostas mais qualificadas".

Já os que que não tiverem "ficarão com uma oferta pública de pior qualidade", afirmou, sublinhando: "tudo perpetrado por um Governo que se diz de esquerda e de consciência social".

Em Rio Maior, onde hoje jantou com sociais-democratas do distrito de Santarém, candidatos às eleições autárquicas de 1 de Outubro, Passos Coelho não poupou críticas "à geringonça" e às "políticas nacionais" que influenciam o desenvolvimento das autarquias.

"A política nacional conta, mas a política local também conta", disse Passos Coelho, para acusar "muitos autarcas da CDU" e também "do PS quando o PS não está no Governo", de desculpabilizarem "tudo o que corra mal" com o argumento de que o Governo não fez".

Com uma solução de Governo a contar com o apoio do PCP e dos Verdes, "bem pode agora o secretário- geral do PCP [Jerónimo de Sousa] vir dizer que não lhe parece que a actual solução política seja patriótica e de esquerda" e que a solução "dificilmente se repetirá".

"Bem pode dizer isso em véspera de eleições autárquicas", vincou, acrescentando não saber "como é que se vão desculpar agora nos seus concelhos por alguma coisa estar a correr mal", depois de terem "suportado o Governo".

O estado da justiça e da educação estiveram também no rol da criticas do presidente do partido "à geringonça, a que o PSD quer fazer frente, tentando "recuperar o primeiro lugar" em termos de autarquias do PSD.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • O farsola
    14 set, 2017 Port 14:52
    És o grande responsável, em todas as frentes, pela greve de enfermeiros que presentemente está a acontecer! ...Mandaste emigrar muitos milhares e agora está mais uma vez hipocritamente a fazer de conta que quer defender o SNS!
  • Luis
    14 set, 2017 Lisboa 14:48
    Este gajo é um invejoso. Tudo porque ele em quatro anos deixou todo o País e todos os Portugueses à mingua. Não presta para nada mas quer ser sempre o melhor em tudo.
  • Este gajo
    14 set, 2017 14:33
    Se não existisse tinha que ser inventado! Um verme destes que durante o seu consulado deixou ficar nos corredores dos hospitais e nas urgências centenas de pessoas velos e novos porque não havia condições para os tratar tem a grandessissima latosa de vir agora piar destas declarações? Matreiro, vai enganar quem ainda te levar a serio! Não passas de im oportunista do mais reles que há! Em 2011 enganaste muita gente de boa fé, agora só enganas quem não estiver no seu perfeito juízo!
  • barsanulfo
    14 set, 2017 alcains 11:07
    Ahhhh mas isso é coisa antiga dr. Trapassos Diabo Coelho! Olhe, em 2013, o seu governo, você, e o seu ministro da saúde, permitiram que centenas de velhos e menos velhos, abandonados dezenas de horas em macas nos corredores dos hospitais, morressem.Não havia nem gaze, ligaduras, médicos, meios básicos. O estimado, muito querido e amado líder do (ex) PSD, dr. Trapassos Diabo Coelho esteve 5 anos sem pagar S. Social, porque desconhecia tal obrigação! Como vê a coisa é antiga, e você é o mais moderno triste traste!
  • Ó João 123
    14 set, 2017 Lx 09:38
    Há quem não saiba fazer contas e tu és um deles!...verborreia clubista!
  • Acho piada
    14 set, 2017 Lis 09:35
    Sem graça nenhuma! Este trapaceiro a falar de míngua! Não foi ele que assaltou os rendimentos das familias com cortes cegos e com o maior aumento de impostos? Não foi ele que chamou piegas aos portugueses, mandou-os sair da zona de conforto e emigrar? Não foi durante o seu governo que a pobreza aumentou como nunca tinha acontecido? A isto tudo e muito mais o que é que se chama, senão pôr os portugueses na míngua?...Este figurão quer fazer-nos tolos para além do empobrecimento que provocou porque não havia alternativas! Afirmava ele e os seus afins!
  • Arquivado
    14 set, 2017 Lx 09:23
    O processo Tecnoforma, porque já prescreveu!...Os prevaricadores continuam à solta!
  • silvestre marques
    14 set, 2017 paris 08:46
    Hoje é dia 14, jà sâo horas de dar uma nova novidade acerca do "cuco".............................................serà que a R.R. nâo tem, hoje, nada que enalteça a pessoa do Exmo. Sr. Dr. Pedro Passos Coelho ?
  • JULIO
    14 set, 2017 vila verde 08:39
    Passos tentou aliviar a despesa e melhorar o sistema de saude mas os parasitas que vivem à custa do sistema não deixaram continuamos com um sistema doente
  • Antonio
    14 set, 2017 Vale de Cambra 06:37
    Jà pagaste ?