A+ / A-

É impossível dialogar com um Governo totalitário, queixam-se bispos venezuelanos

08 set, 2017 - 10:03

Após um encontro com o Papa Francisco, na vizinha Colômbia, o cardeal Jorge Urosa Savino, arcebispo de Caracas, diz que o Governo do seu país não escuta os apelos da Igreja.
A+ / A-

Veja também


Os bispos da Venezuela dizem que o diálogo com o Governo do país não é possível. Os bispos venezuelanos encontraram-se, na quinta-feira, com o Papa Francisco, de visita à vizinha Colômbia.

Numa entrevista ao canal NTN24, da Colômbia, o arcebispo de Caracas, cardeal Jorge Urosa, disse que o Governo do seu país caminha para o totalitarismo.

“O diálogo e a cultura do encontro que o Papa Francisco deseja não são possíveis na Venezuela porque o Governo não ouve os argumentos. Não há condições claras nem garantias seguras”, afirmou o cardeal.

Urosa insiste que a Igreja tem tentado convencer o Governo de que segue um caminho errado. “O Governo está empenhado em implementar um sistema totalitário estatista comunista e não nos escuta quando dizemos que este caminho está errado.”

“Numa entrevista que deu a 29 de Abril, o Papa dizia que para haver diálogo é preciso haver condições claras e garantias seguras, actualmente não existem condições claras nem garantias seguras porque o Governo está empenhado num sistema totalitário que controle tudo”, disse ainda o cardeal.

O Papa Francisco encontra-se de visita à Colômbia, onde tem realçado a importância do processo de paz. A Venezuela, que vive uma tremenda crise social, económica e política, tem sido também alvo das atenções do Papa sul-americano.


guialiga19_20_banner
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • DITADOR MADURO
    08 set, 2017 Lx 11:29
    Os kamaradas do PCP e do BE vão dialogar convosco kamarada Maduro ditador facínora...Revolução do povo já contra esse ditador obscuro e populista suportado pelo PCP e pelo BE, a tralha que acompanha os xuxas em Portugal...