O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Autárquicas. Partidos vão gastar 4,8 milhões de euros em brindes

22 ago, 2017 - 09:29

Só o PS tem um orçamento de quase dois milhões de euros para ofertas, mais do que o PSD e o CDS juntos.
A+ / A-

Os candidatos às eleições autárquicas vão gastar 4,8 milhões de euros em brindes até às eleições de 1 de Outubro, noticia o "Jornal de Notícias" desta terça-feira.

Só o PS irá gastar quase metade desse valor. Irá despender 1,9 milhões de euros. O PSD e CDS juntos (partidos que em muitas câmaras se candidatam em coligação) vão gastar 1,2 milhões de euros.

Já a CDU tem orçados 501 mil euros e o BE 7,3 mil euros.

Entre as ofertas mais comuns em acções de campanha estão as canetas, as bandeiras, os porta-chaves e as pulseiras.

Segundo o JN, apesar dos cortes impostos pela Lei de Financiamento, os brindes continuam a representar uma parte significativa do investimento dos partidos.

A compra de brindes é um negócio importante nesta época e as empresas da área criaram catálogos específicos para estas eleições.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 22 ago, 2017 palmela 13:55
    Entretanto ontem foi a enterrar um miudo com 31 e um anos que nas ultimas eleicoes autarquicas me deu educadamente uma seca para votar no ps! Gostava de saber quantos politicos do ps vieram ao pinhal novo ao funeral do pedro? A politica serve-se das pessoas quando precisa depois descarta-se delas!
  • R.Soares
    22 ago, 2017 Aveiro 13:04
    Mais um escândalo da politiquice cá do buraco.4,8 milhões para deitar fora.Não é por acaso que detesto esta falsa democracia.
  • anónimo
    22 ago, 2017 mogofores 12:40
    Ó ZÈ, se fosse canalizado para fins melhores, a carneirada dos portugueses nem votar ia, e estes CHULOS DA NAÇÃO, sabem que se forem eleitos se vão encher como ODRES, recuperando logo na tomada de posse do valor destes brindes e depois é só ensacar, roubar à fartazana, porque estes GAJOS POLITICOS que vivem da politica, porque não sabem fazer mais nada, nem nunca trabalharam, apenas aprenderam a ser LADRÕES, CORRUPTOS, VIGARISTAS , MENTIROSOS, MALANDROS, SACANAS, CHULOS, etc.. ALGUMA VEZ ESTES GAJOS DAVAM ALGUMA COISA SE NÃO FOSSE PARA ENGANAR O POVO ?
  • rosinda
    22 ago, 2017 palmela 10:27
    E digno de repulsa!
  • 22 ago, 2017 aldeia 10:03
    Se este dinheiro fosse canalizado para outros fins,não seria melhor?