O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Tentou incendiar o Parque Natural de Sintra e ofereceu 230 euros à GNR para o libertar

20 ago, 2017 - 12:41

É a história do mais recente incendiário detido em Portugal.
A+ / A-

Um homem de 78 anos foi apanhado no momento em que ateava um fogo no Parque Natural Sintra-Cascais. A detenção ocorreu no sábado, mas os crimes do detido não se ficaram por aí.

Segundo a Guarda Nacional República, "o idoso confirmou a autoria do crime de incêndio, acrescentando que já era a quinta vez que tentava colocar fogo naquela zona do parque natural", tendo sido encontradas provas do crime no seu veículo.

Quando foi constituído arguido, o suspeito cometeu mais um crime: o de corrupção activa na forma tentada, ao tentar oferecer "230 euros em dinheiro aos elementos da GNR para o libertar".

O homem será presente a tribunal na segunda-feira para primeiro interrogatório judicial.

Foi detido depois de militares do Núcleo de Protecção Ambiental (NPA) do Destacamento Territorial de Sintra detectaram um homem, na localidade da Atalaia, a fugir do mato onde se iniciava mais um incêndio florestal.

A polícia deteve, nos últimos dias, 32 pessoas por suspeita de fogo posto, 19 das quais terão iniciado um incêndio por descuido e 13 de forma intencional. Desde 1 de Janeiro, a Polícia Judiciária deteve 67 suspeitos de fogo posto, dois dos quais este fim-de-semana.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • DR XICO
    21 ago, 2017 LISBOA 15:22
    Estranho que só em Portugal as pessoas não tenham o direito de conhecer as fotos destes criminosos, mais depressa mostram a cara de um PJ que de um ladrão ou incendiário. Mostrem a cara desta gente para nós sabermos os vizinhos que temos. tanto jornal, TVs, Internet e ninguem consegue uma foto para divulgar? Até a TV desgraças CMTV tem medo de mostrar os criminosos.
  • Luísa
    21 ago, 2017 Carcavelos 13:38
    Para mim, ele queria ser preso. Pelo menos na prisão não tem de fazer ginástica para comer, tem assistência médica e medicamentos garantidos, companhia, vigilância - não aparece morto em casa há 3 meses... É pena, mas os presos têm mais quem pugne por eles do que os idosos.
  • CAMINHANTE
    21 ago, 2017 LISBOA 11:58
    Quem está por trás destes incendiários? É a questão principal. Enquanto não se desvelar a verdadeira máfia tudo ficará na mesma. Para o ano estaremos ( se vivos) por aqui a comentar sobre o mesmo assunto.
  • Bela
    20 ago, 2017 Coimbra 19:20
    Coitado! Provavelmente, apenas pretendia acender a churrasqueira. Ou será que o homem vive sozinho e pretende companhia? Para quem tem tanta idade era para ter um pouco de juízo. Pensando melhor, se o homem confirmou a autoria do crime de incêndio, e acrescentou que já era a quinta vez que tentava colocar fogo naquela zona do parque natural, será que já teria feito o mesmo noutras ocasiões no passado?
  • fanã
    20 ago, 2017 aveiro 16:19
    PRISÃO.............até bater a bota !
  • 20 ago, 2017 aldeia 15:00
    Prisão com ele e cuidados psiquiátricos.
  • Mario
    20 ago, 2017 Portugal 14:52
    Alguém também pagou para que incendiasse o parque, mas como nao e permitido faze-los cantar tudo fica na mesma.....
  • mendes
    20 ago, 2017 braga 14:51
    soma e segue e ninguem e fuzilado eles queimam matam e em vez de os fuzilarem ainda lhe dao o ris os politicos e os juizes deviam ser obrigados a ir apagar os incendios para aprenderem a condenar quem prega os fogos seja voluntariamente ou nao
  • Com essa idade
    20 ago, 2017 port 13:06
    já devia ter idade para ter juízo!...Alguns como ele devem ter estado na origem de muitos dos incêndios, criminosamente organizados, que grassam no País e provocam todas as tragédias a que estamos a sofrer! Resta averiguar o que está por detrás deste seu comportamento! Para além de transtorno mental, poderá também estarem causas político ideológicas!