O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Estado continua a dar imagem de "desespero" em Pedrógão, acusa Passos

13 ago, 2017 - 21:00 • Eunice Lourenço

Líder do PSD à chegada à Festa do Pontal disse que ainda poucas lições foram tiradas da tragédia.
A+ / A-

O Estado continua a dar uma "imagem de desespero" na forma como tem lidado com a tragédia de Pedrógão, o grande incêndio de Junho na região Centro em que morreram 64 pessoas. A acusação foi feita por Pedro Passos coelho, o presidente do PSD, à chegada ao Calçadão de Quarteira, no Algarve, onde decorre, este domingo, a Festa do Pontal.

Passos anunciou que esse será um dos assuntos de que irá falar no discurso desta Festa, mas deixou logo o tom do que irá dizer.

"O que impressiona mais é que, ao longo de quase dois meses que já decorreram sobre a tragédia de Pedrógão, poucas lições tenham sido tiradas e continue a haver uma imagem de, direi de desespero, na forma como o estado não tem conseguido lidar com esta situação", disse o líder social-democrata.

A Festa do Pontal marca, tradicionalmente, o regresso do PSD à actividade política. Este ano, também o PS vai fazer uma festa no Algarve para marcar a rentrée, que este ano marca também como que o arranque da campanha eleitoral para as eleições autárquicas marcadas para 1 de Outubro. A Festa do PS vai ser em Faro no dia 26.

No fim-de-semana seguinte, o primeiro de Setembro, decorre a Festa do Avante e o encerramento daquela que pode ser considerada a segunda rentrée do PSD, a Universidade de Verão organizada pela JSD e que este ano vai ter a presença de Cavaco Silva, o ex-Presidente e ex-primeiro-ministro que liderou o PSD durante 10 anos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • tito b
    14 ago, 2017 joane 13:41
    De cabecinha perdida anda o ppd a tocar os 20% de votos. Bendito sejas pedrocas, rebenta com essa seita maldita que tanto mal fez a Portugal. Fica no poleiro até enterrares o cancro ppd. Depois podes ir para aonde Te der mais jeito.
  • Rui
    13 ago, 2017 Lisboa 22:49
    Lá vai o Passos discursar "viemos de muito longe para vos falar acerca da tragédia de Pedrogão" de certeza que a maioria vai exclamar no dialecto allgraviu "wuuhaaaat"
  • pedro rios
    13 ago, 2017 ourém 22:39
    Desesperado andas tu que ninguém te liga.
  • PANTUFAS.ANTUNES@GMA
    13 ago, 2017 Lisboa 22:39
    PASSOS ES O MAIOR
  • Guida
    13 ago, 2017 Lamego 21:58
    Os laranjolas parecem abutres sem vergonha
  • Rui
    13 ago, 2017 loulé 21:21
    Não tivesses dado cabo do Estado homem. Já agora quando ardeu a serra aqui no Algarve a coisa correu bem? 21.562 hectares ardidos!!! Quem era governo na altura? Tu, certo? Não estavas de férias? Continua!