O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Mundiais de Atletismo

Ouro e recorde do mundo para ​Inês Henriques

13 ago, 2017 - 11:52

Atleta portuguesa fica para a história como a vencedora da primeira edição dos 50 quilómetros marcha femininos nos Mundiais de Atletismo.
A+ / A-
Inês Henriques de ouro. A atleta "trabalhadora" que fez história na marcha feminina
Inês Henriques de ouro. A atleta "trabalhadora" que fez história na marcha feminina

A portuguesa Inês Henriques conquistou este domingo a medalha de ouro na prova dos 50 quilómetros marcha dos Mundiais de Atletismo, que decorrem em Londres.

Além do lugar mais alto do pódio, a marchadora bateu o recorde do mundo da distância que já estava em seu poder.

Inês Henriques estabeleceu um novo máximo de 4.05.56 horas, tirando dois minutos e 29 segundos ao recorde anterior.

“É fantástico. Não consigo descrever em palavras o que estou a sentir. Isto é a recompensa de 25 anos de trabalho”, declarou a atleta portuguesa no final da prova.

Inês Henriques, de 37 anos, fica para a história como a primeira vencedora dos 50 quilómetros marcha femininos nos Mundiais de Atletismo.

A chinesa Yin Hang, que acompanhou o ritmo da atleta portuguesa na primeira metade da prova, ficou em segundo lugar, com 4.08.58 horas.

O terceiro lugar foi para outra chinesa, Yang Shuqing, com um tempo de 4.20.49 horas.

A marchadora ribatejana conseguiu o primeiro ouro para Portugal em Londres. A outra medalha de bronze foi conquistada por Nelson Évora no triplo salto.

Portugal já tem no historial uma medalha na marcha, com o bronze de Susana Feitor em Helsínquia2005, então treinada por Jorge Miguel, que agora orienta a carreira de Inês Henriques.

O primeiro-ministro, António Costa, já deu os parabéns a Inês Henriques numa mensagem publicada na rede social Twitter.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Raul loureiro
    14 ago, 2017 Matosinhos 02:40
    Se. Fosse. No. Futebol ,havia. Uma. Manifestação. A. Escala. Nacional. E. Internacional. Como. E. Atletismo. Até. A. Comunicação. Social quase.que. E. Notícia. De. Última. Página. Quando. E.que. Os. Media. E. População. Em. Geral. Mudam. Parabéns. Pelo. O. Que Lutaste.
  • Filipe
    13 ago, 2017 évora 23:11
    Estes atletas , poucos em Portugal e cada vez menos a competir , quer por falta de meios ou porque o Estado nada contribui , tem valor . Tem uma enorme dignidade humana ano após anos tentando chegar o mais longe possível vestindo uma camisola com uma bandeira , sem luxos , sem reclames na TV ,sem férias de luxo , sem casas de luxo e sem fugirem ao fisco em Espanha . Constroem uma carreira quase a pulso e do bolso deles , nem dão nome a aeroportos e nem estátuas tem , valendo mais uma medalha destas no desporto do que cem bolas de ouro de um qualquer atleta de futebol . Pena o Estado apenas dar palmadinhas nas Costas !!! Portugal podia estar muito melhor representado no exterior com a bandeira nacional se soubesse dar dignidade ao desporto amador e o fazendo crescer para o patamar profissional , para isso teria de esquecer que não foi Ronaldo que deu a vitória no Euro , mas um jogador de raça "negra" que este ano foi deitado para o lixo para não incomodar o Ronaldo ... e , como aqui foi dito , esqueceram outros atletas medalhados , porque simplesmente existe RACISMO em Portugal !
  • Luís Gomes
    13 ago, 2017 Camarate 21:41
    Jacobi. Diz lá o já fizeste por Portugal
  • Jose Manuel
    13 ago, 2017 Scunthorpe 14:20
    Nelson Évora sempre foi e será um dos nossos grandes atletas… uma medalha mais. Fantástico campeão… que a vida te sorria.
  • Jose Manuel
    13 ago, 2017 Scunthorpe 14:16
    Muito obrigada por essa grande vitoria Inês…simplesmente fantástica. Tu eres grande.
  • Gento
    13 ago, 2017 14:06
    Meu amado Costa, E para Nelson Évora, não sai nenhum comunicado? Abraço
  • Carlos Gaspar
    13 ago, 2017 Caldas da Rainha 13:32
    PARABÉNS INÊS PELO TRIUNFO. UM GRANDE BEIJINHO DO TAMANHO DO MUNDO.
  • ana
    13 ago, 2017 lx 13:18
    PARABENS... Que sirva para que muitos portugueses lhe sigam os passos, e que ganhemos cada vez mais medalhas no futuro.
  • maria
    13 ago, 2017 santarem 13:18
    Excelente! Parabens😃
  • Jacobi
    13 ago, 2017 Setúbal 12:34
    Parabéns, mas vale dizer que sómente 7 mulheres participaram e 4 chegaram à meta.