O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Treinador do Braga atira-se ao vídeo-árbitro

12 ago, 2017 - 15:28

"Se é para criar mais dúvidas...para que serve o vídeo-árbitro?", pergunta Abel Ferreira.
A+ / A-

O treinador do Sporting de Braga, Abel Ferreira, deixou este sábado críticas implícitas ao vídeo-árbitro, depois do jogo com o Benfica, da primeira jornada da I Liga de futebol, no Estádio da Luz, que perdeu por 3-1.

Questionado sobre o golo anulado a Ricardo Horta, que suscitou muita polémica, repetiu uma pergunta várias vezes: "Para que é que serve o vídeo-árbitro? Para que é que serve? Ainda ontem [sexta-feira] estava a ver um jogo e vi um fora-de-jogo por meia bota. Se é para criar mais dúvidas... Nem quero falar mais, fico por aqui. Respondo com uma pergunta: para que é que serve o vídeo-árbitro?", insistiu.

Apesar da derrota, e de notar que vive "de resultados", Abel Ferreira considerou o jogo com os 'encarnados' "o mais conseguido da época em todos os processos".

"A equipa procurou sempre jogar curto, com linhas subidas, fez três golos na Luz, criou mais duas oportunidades para continuar com a dinâmica ofensiva, procurámos ter bola e criámos 'mossa' no adversário", disse.

Os minhotos recebem no domingo o Portimonense, na segunda jornada, e Abel Ferreira quer somar três pontos, avisando que os seus jogadores terão que "ser pacientes", mas também "dinâmicos, intensos, agressivos, no bom sentido, e equilibrados".

Abel Braga elogiou a equipa algarvia, que na primeira jornada bateu o Boavista (1-0), e Vítor Oliveira, técnico "muito experiente que conhece o futebol português de 'fio a pavio'".

"O Portimonense tem jogadores de qualidade que, na sua maioria, conhece bem o nosso futebol, estamos identificados com o adversário e sabemos quais são os pontos fortes, mas queremos assumir o jogo, somos o Braga, queremos andar nos quatro primeiros, temos essa pressão do nosso lado, pela nossa grandeza e, a jogar em casa, tudo iremos fazer par vencer", disse.

O técnico considerou que a equipa "tem muito por onde melhorar", mas lembrou os jogadores que começaram a pré-temporada mais tarde e outros com alguns problemas físicos.

"Não jogamos sozinhos, mas estamos muito orgulhosos pela coragem demonstrada em casa do adversário [Benfica], pusemo-lo em dificuldades, não gostei do resultado, mas gostei do desempenho e empenho", reforçou.

Desvalorizando os cinco golos sofridos nos três jogos oficiais e o facto do Sporting de Braga ir jogar, no domingo, o quarto jogo em pouco mais de 15 dias, Abel Ferreira não quis fazer uma apreciação individual ao defesa central Rosic: "Nas minhas equipas, o primeiro defesa é o avançado e o primeiro avançado é o guarda-redes".

Quanto a Assis e Bakic, que não têm sido opção, "são cartas dentro do baralho", assegurou.

"São jogadores que respeito, de qualidade, mas temos o Fransérgio, o Danilo, o Vukcevic, o Jordão, o Assis, o Bakic e só podem jogar dois. Conto com todos e os que não têm jogado têm tido um comportamento exemplar, estou muito satisfeito com o trabalho e comprometimento deles", disse.

O Sporting de Braga - Portimonense realiza-se no domingo, às 18h00, no Estádio Municipal de Braga, jogo que será arbitrado por João Capela, da Associação de Futebol de Lisboa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ar
    12 ago, 2017 Lisboa 19:57
    Cumps.....
  • P.R.
    12 ago, 2017 Olivença 17:50
    Video-quê? Pensava que estivesses a falar do jogo do sportingue-V. Setubal... Foi dos penaltis mais ridículos que vi assinalarem até hoje... pois, estava-me a esquecer daquele do Jardel quando este jogava... adivinhem? No sportem claro!
  • Não há pachorra...
    12 ago, 2017 Lx 16:15
    Já não dou mais para este peditório! Agora, quando o resultado não lhes convier, vão virar-se contra o video-árbitro. E depois se arranjarem 20 e tal video-árbitros por jogo hão-de arranjar outra desculpa. Este já se desculpou também com os orçamentos...., o Benfica tem, pois, culpa de ter um orçamento maior do que o Braga!!!