O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

China pede calma a Trump e Kim

12 ago, 2017 - 12:10

Evitem “palavras e acções” que piorem a situação, apela Xi Jinping.
A+ / A-

O Presidente chinês, Xi Jinping, pede a Donald Trump e à Coreia do Norte que evitem “palavras e acções” que agravem ainda mais a situação, avança a imprensa estatal.

Xi Jinping e o chefe de Estado norte-americano conversaram por telefone, na sexta-feira, e ambos concordaram que o regime de Pyongyang tem que parar o comportamento “provocatório e de escalada” de tensão, adianta a Casa Branca, em comunicado.

As sanções aprovadas na semana passada pelo conselho de segurança da ONU contra a Coreia do Norte também foram um passo importante rumo à paz e estabilidade na Península Coreana, defenderam os líderes dos EUA e da China.

A Casa Branca sublinha que a relação entre os dois presidentes “é extremamente próxima” e espera que possa “levar a uma resolução pacífica do problema da Coreia do Norte”.

O braço de ferro entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte agravou-se nas últimas semanas, devido aos testes com mísseis de Pyongyang e às trocas de ameaças entre Donald Trump e Kim Jong-un.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.