O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Fogo em Abrantes com pequenas reactivações, mas sem frentes activas

12 ago, 2017 - 11:09

Incêndio mobiliza um total de 544 operacionais, apoiados por 187 viaturas e um meio aéreo.
A+ / A-

O comandante dos bombeiros voluntários de Abrantes disse este sábado que o incêndio que lavra naquele concelho do distrito de Santarém desde quarta-feira está "sem frentes activas", apesar de alguns reacendimentos nocturnos.

"Durante a noite, o fogo perdeu força, apesar de dois ou três reacendimentos rapidamente resolvidos, e esta manhã o incêndio está sem frentes activas", afirmou à agência Lusa António Jesus, tendo acrescentado que a evolução do combate é "bastante favorável" e que o fogo "deve entrar em fase de resolução até às 13h00".

O incêndio, que deflagrou às 18h14 de quarta-feira em Aldeia do Mato, União de Freguesias de Aldeia do Mato e Souto, no concelho de Abrantes, mobilizava por volta das 10h30, um total de 544 operacionais, apoiados por 187 viaturas e um meio aéreo.

"O trabalho no terreno está a ser feito com várias máquinas de rastos, para fazer aceiros, rescaldo, consolidação e vigilância, também com o apoio de meios aéreos, apagando e resolvendo de imediato reacendimentos e pequenos focos de incêndio", disse ainda o comandante dos bombeiros de Abrantes.

A auto-estrada 23 (A23), que esteve cortada nos acessos a Rio Moinhos, na zona de Abrantes, foi reaberta às 00h43, segundo fonte da Protecção Civil nacional.

Segundo se podia ler na página da Protecção Civil na internet, cerca das 10h30, estavam cortadas a Estrada Nacional (EN) 3 e a Estrada Municipal (EM) 544.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.