O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Papa convida a rezar pelas vítimas das máfias

19 jul, 2017 - 16:56 • Ecclesia

Mensagem no Twitter assinala 25.º aniversário do assassinato do juiz Paolo Borsellino.
A+ / A-

O Papa Francisco recordou, esta quarta-feira, as vítimas da Mafia, numa mensagem no Twitter, assinalando o 25.º aniversário do assassinato do juiz Paolo Borsellino, em Palermo, Itália.

“Rezemos por todas as vítimas das máfias, peçamos força para avançar, para continuar a lutar contra a corrupção”, escreveu, na conta em italiano do seu perfil @Pontifex.

O juiz Paolo Borsellino e cinco agentes que o escoltavam foram mortos a 19 de Julho de 1992, 57 dias depois do assassinato de Giovanni Falcone.

A data foi assinalada com um minuto de silêncio no Senado italiano.

O padre Luigi Ciotti, presidente da Fundação “Libera”, dedicada a combate do crime organizado, que tem sido alvo de ameaças da Mafia, disse à Rádio Vaticano que é necessária mais “coragem” por parte das instituições.

“Hoje, mais do que nunca, é preciso que os homens das instituições falem, dando o seu contributo para o apuramento da verdade”, apelou.

A 23 de Janeiro deste ano, o Papa recebeu no Vaticano os membros da direcção nacional italiana de luta contra a Mafia e o terrorismo, acusando as organizações mafiosas de serem um dos rostos da “cultura de morte”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.