O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Google vai libertar 20 milhões de mosquitos na Califórnia

18 jul, 2017 - 09:15

Vão ser infectados com a bactéria natural que os torna estéreis. O objectivo é impedir a sua propagação e reduzir a disseminação de doenças mortais.
A+ / A-

É uma megaoperação da empresa Google contra o mosquito na Califórnia. Vinte milhões de “Aedes aegypti”, cheios de bactérias vão ser libertados para controlar “o animal mais mortal do mundo”, segundo os responsáveis.

O projecto denominado Debug pertence à Verily Life Sciences, uma ramificação empresa da Google com a colaboração do MosquitoMate e a cidade norte-americana de Fresno.

A iniciativa passa pela introdução de uma bactéria natural – a Wolbachia - nestes insectos, que transportam doenças como zika e dengue, para que os seus ovos se tornem cada vez mais fracos, até a espécie ser extinta.

O objectivo é impedir a sua propagação e reduzir a disseminação de doenças mortais.

A iniciativa foi lançada em Julho e vai durar 20 semanas, sendo que serão libertados um milhão de mosquitos por semana, em dois bairros de Fresno.

Assim, as próximas gerações vão-se tornando mais pequenas, mais pequenas e mais pequenas, até que sejam erradicados”, de acordo com o vídeo explicativo do projecto.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • garniza
    18 jul, 2017 Brasil 12:45
    Eles é que dizem que este é o objetivo. Será um tiro pela culatra. Lembra daquele caso que desenterraram uma pessoa que tinha morrido da gripe espanhola e estava enterrado no gelo e queriam estudar o virus pra criar um remédio pra combater a gripe? Olha o que deu... Eles fazem um monstro e pintam bem binitinho para pegar as crianças inocentes.