O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Golfe

Histórico. Tiger Woods pela primeira vez fora do Top 1000

17 jul, 2017 - 20:48

Golfista norte-americano, antigo número um incontestável do golfe, continua a cair progressivamente em desgraça.
A+ / A-

Tiger Woods, detentor de 14 títulos do Grand Slam e de 79 torneios do circuito PGA, figura pela primeira vez na sua carreira abaixo do 1000° lugar do "ranking" mundial de golfe. Com 41 anos, o norte-americano é agora 1005.° na hierarquia da modalidade.

Woods tem sofrido vários problemas de saúde nos últimos dois anos, tendo sido submetido em Abril à quarta cirurgia às costas desde 2014, para aliviar as dores permanentes de que padece.

Em Maio deste ano, o ex-número um mundial foi detido na cidade de Jupiter, no sul da Florida, por conduzir alegadamente sob influência de substâncias tóxicas, álcool e marijuana.

Os testes realizados posteriormente não revelaram a presença de álcool, tendo o golfista dito à polícia que o estado de desorientação e o discurso incoerente que apresentava na altura da detenção foram originados por uma reacção adversa a alguns medicamentos.

Na sequência deste episódio, Woods, que nos últimos anos se tem visto envolvido em vários escândalos de cariz sexual, admitiu que está a receber ajuda para lidar com a medicação que está a tomar para vários problemas de saúde.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.