O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-
Espanha

Paulo Oliveira com um olho no Eibar e outro na selecção

17 jul, 2017 - 18:03

Reforço dos bascos, contratado ao Sporting, define um dos grandes objectivos da sua carreira com a transferência para o futebol espanhol.
A+ / A-

Paulo Oliveira está determinado em não defraudar as expectativas do Eibar, que efectuou um dos maiores investimentos da sua história na contratação do defesa-central português ao Sporting. E essa "responsabilidade" que sente leva o minhoto a ficar ainda mais motivado para outro dos principais objectivos da carreira.

"Passei por todos os escalões das selecções nacionais, inclusivamente a Selecção "AA". Tenho isso como um objectivo pessoal e vou fazer tudo para poder ser uma opção válida para o seleccionador", definiu, "candidatando-se", na apresentação como reforço dos bascos, a uma vaga no próximo campeonato do mundo, caso Portugal se apure.

Reforço do emblema da Liga Espanhola para as próximas quatro épocas, Paulo Oliveira custou 3,5 milhões de euros aos cofres do Eibar, num negócio que pode ainda render mais meio milhão aos leões.

"Se é uma das transferências mais caras do clube, tenho de demonstrar, como dizem os espanhóis, mais 'ganas' ", assumiu, recordando o "namoro" antigo com o clube do País Basco.

"Já sabia do interesse do Eibar desde a temporada passada. Tinha havido alguns contactos. Agora, felizmente, conseguimos chegar a acordo. Foi uma negociação dura mas, no final, correu bem. A minha vontade era vir para o Eibar. Quero entrosar-me com os meus colegas. Fui muito bem recebido. Quero trabalhar e concretizar os objectivos da equipa", completou o novo companheiro de equipa do compatriota Bebé.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • rosinda
    18 jul, 2017 palmela 01:03
    tambem espero que a chuva ajude nos incendios!