O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-
Euro 2017

Francisco Neto deita a estatística ao lixo frente à Espanha

17 jul, 2017 - 10:50

O seleccionador nacional de futebol feminino aposta numa estreia "sem medo" da sua equipa em fases finais de grandes competições internacionais, no Europeu da Holanda.
A+ / A-

O seleccionador nacional de futebol feminino, Francisco Neto, considera que a chave para uma entrada positiva no Euro 2017, que decorre na Holanda, diante da Espanha, está em esquecer a estatística.

As espanholas foram adversárias de Portugal durante a fase de qualificação para o Europeu da Holanda, dois jogos que resultaram em duas derrotas: 2-0 em Badajoz e 4-1 na Covilhã. A equipa portuguesa conseguiu o apuramento para a primeira fase final da sua história, por via do play-off, com a Roménia.

Em conferência de imprensa de antevisão do encontro, esta segunda-feira, Francisco Neto pediu às suas jogadoras que não deixem que o historial negativo se torne em fantasmas e cicatrizes.

"Temos de limpar [a estatística], não temos outra hipótese, como é lógico respeitamos, pelo valor que [a Espanha] tem. Os jogos já foram há algum tempo, nós evoluímos, crescemos. A Espanha, como é lógico, também evoluiu e cresceu e nunca há dois jogos iguais", afirmou o timoneiro da equipa das "quinas".

O seleccionador reconheceu que as jogadoras poderão "estar ligeiramente ansiosas" pela estreia, mas garantiu que, no momento em que o árbitro apite para o início do jogo, as jogadoras terão os níveis de concentração no máximo. "Só assim poderemos estar mais próximos de um bom resultado contra a Espanha", avaliou.

Todavia, o mais importante é apreciar a inédita experiência de jogar um Campeonato da Europa. "De certeza absoluta que lhes irei dizer para desfrutarem do momento, que sejam alegres, que tenham orgulho no percurso, que tenham orgulho nelas e que iremos pelo nosso país fazer o melhor, mas acima de tudo que desfrutem do momento", frisou Francisco Neto.

A selecção das "quinas" parte para esta estreia com a noção de que de si não são esperados grandes feitos, contudo, não as jogadoras não deixam de querer fazer boa figura, sempre sem medo: "Têm de fazer aquilo que trabalhámos e que não tenham medo de o fazer, e de certeza absoluta que não", reforçou o seleccionador.

Por fim, Francisco Neto elogiou a congénere espanhola e desejou sorte para a competição, com um senão. "É uma das grandes potências a emergir no futebol europeu e acredito que vão fazer um bom europeu, mas esperemos que contra Portugal não", desejou.

O Portugal-Espanha realiza-se na quarta-feira, a partir das 17h00, no Estádio de De Vijverberg, em Doetinchem.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.