O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Cédric: "Ficaria muito mais feliz se o meu primeiro golo nos tivesse dado a vitória"

20 jun, 2017 - 17:44

Lateral da selecção nacional marcou o segundo golo português diante do México, mas Hector Moreno empatou (2-2) nos descontos.
A+ / A-

Cédric Soares marcou o seu primeiro golo pela selecção nacional no empate (2-2) com o México, mas lamenta que a sua estreia a festejar não tenha sido mais decisiva.´

O internacional português, de 25 anos, apontou o segundo golo luso do jogo, porém Hector Moreno empatou nos descontos.

Em entrevista ao site oficial da FIFA, o lateral-direito do Southampton mostrou-se "muito feliz" com o seu primeiro golo, mas lamentou o resultado final da estreia portuguesa na Taça das Confederações. "Ficaria muito mais feliz se o meu golo nos tivesse dado a vitória e os três pontos", reconheceu.

Cédric não escondeu que deseja que os seus companheiros do quarteto defensivo também façam o gosto ao pé durante a competição. "Oxalá, vamos ver. Mas acima de tudo, tenho de fazer o meu trabalho, que é defender, depois posso juntar-me ao ataque, para acrescentar alguma qualidade individual", frisou.

Quanto ao jogo com o México, Cédric defendeu que Portugal esteve mais perto de levar os três pontos. "Penso que o México controlou o jogo com muita mais posse de bola, mas nós fomos mais perigosos, tivemos mais oportunidades, falhámos apenas na finalização. Ainda assim, penso que tivemos uma boa prestação", considerou.

O próximo jogo de Portugal é diante da anfitriã russa, esta quarta-feira, a partir das 16h (hora portuguesa), em Moscovo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.