O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Taça das Confederações. Campeã do mundo venceu, mas não ganhou para o susto

19 jun, 2017 - 17:52

Austrália deu réplica à Alemanha, no encerramento da primeira jornada do Grupo B. "Mannschaft" e Chile dividem liderança da tabela e defrontam-se na próxima ronda.
A+ / A-

A Alemanha iniciou a defesa do título de campeã do mundo, na Taça das Confederações, com um triunfo sobre a Austrália (2-3), esta segunda-feira, no encerramento da primeira jornada do Grupo B.

No papel, a tarefa germânica era relativamente facilitada mas os "socceroos" trataram de rasgar essa mesma teoria.

Stindl até adiantou os comandados de Joachim Low no marcador bem cedo, em Sochi, abrindo o activo logo aos 5'. Praticamente em cima do intervalo, Rogic nivelou para os australianos (41'), levando as equipas empatadas para a segunda metade.

A reentrada da "mannschaft" não poderia ser mais eficaz, com Julian Draxler a devolver a vantagem logo no primeiro minuto da etapa complementar, na conversão de um pénalti. E o pior, para a Austrália, viria três minutos depois, com Goretzka a aumentar a contagem.

Aos 58', numa jogada que mereceu recurso ao vídeo-árbitro, sendo validada, Juric fixou o 2-3 final. Até ao final, a Austrália ainda procurou o golo que desse o empate. Acabaria por não chegar.

Chile e Alemanha dividem a liderança da tabela, ambas com três pontos, sendo que ambas as selecções defrontam-se na segunda ronda, na quinta-feira. Na outra partida, os Camarões defrontam a Austrália.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.