O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Cuidadores informais de doentes de Alzheimer reúnem-se no Porto

17 jun, 2017 - 13:02

Presença de Marcelo Rebelo de Sousa inspira confiança nos organizadores, que esperam ainda a discussão no Parlamento de uma petição que foi entregue em Outubro.
A+ / A-

Decorre este sábado, no Porto, o segundo encontro de cuidadores informais de doentes de Alzheimer e outras demências.

Entre filhos, maridos, mulheres, irmãos ou netos de pessoas com doenças mentais, a organização conta receber perto de cem participantes.

O objectivo é chamar a atenção e pedir apoio explica Anabela Lima, da organização do encontro.

“Somos um grupo de cinco pessoas que iniciámos isto e através das redes temos conseguido chamar a atenção de mais cuidadores e temos todos os mesmos problemas, queremos que isto seja um assunto resolvido rapidamente. A doença é cada vez mais frequente e em pessoas mais novas.”

Em Outubro, foi entregue no Parlamento uma petição para discutir apoios e um subsídio para os cuidadores informais de doentes de Alzheimer, mas ainda não foi discutida.

Anabela Lima espera que a presença de Marcelo Rebelo de Sousa neste encontro deste sábado, no Porto, chame a atenção para este assunto. “Contamos com a sensibilidade do Sr. Presidente e como está sempre atento a causas sociais esperemos que nos dê, pelo menos, garantias de que o assunto vai ser discutido”, diz.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.