O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Irão. Cinco detidos após duplo atentado

08 jun, 2017 - 00:26

Foi o primeiro ataque do autoproclamado Estado Islâmico no país.
A+ / A-

A polícia de Teerão anunciou ter detido cinco suspeitos após o duplo atentado terrorista que fez, esta quarta-feira, dezenas de vítimas na capital iraniana.

O chefe da polícia, general Hossein Sajedinia, disse à agência semioficial ISNA que as autoridades estão a interrogar os suspeitos dos atentados no edifício do Parlamento e no mausoléu do ayatollah Khomeini, os primeiros reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico no Irão.

O responsável não forneceu mais pormenores sobre os suspeitos, acrescentando apenas que a cidade de Teerão está segura e que a polícia e outras forças de segurança estão em alerta e a patrulhar atentamente a capital.

O duplo atentado fez, pelo menos, 13 mortos e 46 feridos.

Seis atacantes morreram: quatro no Parlamento e dois no mausoléu.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.