O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Macron telefona ao Papa para debater alterações climáticas

03 jun, 2017 - 11:30

O novo Presidente francês conversou com Francisco para partilhar ideias na sequência da decisão de Donald Trump de abandonar o Acordo de Paris.
A+ / A-

O Presidente francês Emmanuel Macron manteve esta sexta-feira a sua primeira conversa com o Papa Francisco desde que foi eleito no passado dia 7 de Maio.

As alterações climáticas e a questão dos refugiados marcaram a conversa telefónica de 10 minutos, dizem fontes próximas em tom amigável e respeitoso, em que o novo Presidente francês também convidou o Papa a visitar o seu país.

Macron e Francisco partilharam ideias para que, nas próximas semanas, estes dois temas possam ser alvo de iniciativas que chamem à atenção.

Segundo a imprensa italiana, Macron terá agradecido ao Papa o seu envolvimento a favor do Acordo de Paris sobre o clima e ambos terão concordado em discutir iniciativas que deverão ser postas em pratica na próximas semanas na luta por esta área, depois da decisão de Donald Trump de abandonar o acordo.

O presidente francês anunciou em comunicado que a França vai lançar uma serie de iniciativas em comum com a Chanceler alemã Angela Merkel sobre as alterações climáticas na sequência da decisão do Presidente dos Estados Unidos.

O Papa terá aproveitado a conversa para recordar a Macron a importância do problema dos refugiados e do seu acolhimento, saudando as iniciativas do novo presidente francês a esse respeito.

"Make our Planet Great Again". A resposta de Macron a Trump
"Make our Planet Great Again". A resposta de Macron a Trump
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Mario
    03 jun, 2017 Portugal 14:37
    Este deve estar esperando que o Papa fale com Deus para haver algum milagre....
  • al
    03 jun, 2017 adelaide 13:29
    eh pah queres la ver que o papa "chico" agora tem poderes divinos para resolver o problema ....??? e ca cada propaganda !!!
  • otário cá da quinta
    03 jun, 2017 coimbra 12:03
    UMA MERA OPINIÃO: Tudo o que se torna fácil de se lhe chegar, perde o SEU VALOR; o PAPA jamais deveria ser assim tão fácil, assim como este nosso Pres. da República, que já se tornou BANAL E SEM VALOR.
  • otário cá da quinta
    03 jun, 2017 coimbra 11:58
    Ora aqui está um governante que sabe bem a quem se dirigir para resolver a questão do clima, com uma CUNHAZINHA lá ao S. PEDRO, que embora já velhinho ainda acaba por nos dar CHUVA SECA e SOL MOLHADO ! SE EU FOSSE PAPA, mandava estes HIPÓCRITAS todos à FAVA, políticos sem vergonha e descaramento sem limites que sempre se aproveitaram da RELIGIÃO CATÓLICA para atingirem os seus fins.