O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Sampaoli deixa o Sevilha e ruma à selecção argentina

19 mai, 2017 - 13:26

O treinador revelou o seu destino durante a última conferência de imprensa do ano.
A+ / A-

Jorge Sampaoli acabou com as dúvidas e revelou que vai deixar o Sevilha e rumar à selecção da Argentina. O treinador, que foi associado ao interesse de vários tubarões de futebol europeu, esclareceu que "é uma mudança vinculada ao coração".

"Não estou a deixar o Sevilha por outro clube, estou a deixar o Sevilha, se se confirmar, pela minha selecção", disse Sampaoli, explicando que a Federação Argentina de Futebol vai acertar a sua saída com o presidente do Sevilha.

"Trabalhei com clareza com o presidente e com as pessoas do clube, que estiveram sempre a par de tudo", acrescentou, lamentando deixar o clube andaluz. "Tinha a expectativa de lutar pelo campeonato no segundo ano", referiu. O Sevilha vai terminar a época no quarto posto da liga espanhola.

Sampaoli, de 57 anos, regressa ao trabalho em selecções, depois de ter orientado o Chile durante quatro anos. O Sevilha foi a primeira experiência do treinador argentino na Europa. Trabalhou em pequenos clubes no seu país, no Perú, no Equador e no Chile, com destaque para os títulos conquistados no Universidad do Chile.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.