|
A+ / A-

Gravação compromete Presidente do Brasil. Já há um pedido de destituição

18 mai, 2017 - 03:01

Michel Temer terá dado o seu aval a um suborno para manter um deputado calado. O Palácio do Planalto nega tudo, mas já há um pedido de "impeachment".

A+ / A-
Temer "apanhado" a autorizar suborno. Já há um pedido de "impeachment"
Temer "apanhado" a autorizar suborno. Já há um pedido de "impeachment"

O Presidente do Brasil, Michel Temer, terá dado o seu aval à compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha e a conversa ficou gravada, avança o jornal “O Globo”.

O momento foi registado em áudio por Joesley Batista, um dos proprietários do grupo J&F, que tem negócios na banca e nos sectores alimentar, pecuária, do papel e da televisão, entre outros.

A gravação foi entregue por Joesley e pelo irmão Wesley, que procuraram os procuradores do Ministério Público Federal (MPF) e o juiz Edson Fachin, que julga os casos da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) para negociar um acordo de delação premiada, uma colaboração em troca da redução da pena.

A gravação citada pelo “Globo” foi feita num encontro que Joesley manteve com Michel Temer no Palácio do Jaburu, residência oficial do Presidente brasileiro, no dia 7 de Março.

O empresário disse ao chefe de Estado brasileiro que estava a dar ao ex-deputado Eduardo Cunha e ao operador financeiro Lúcio Funaro uma mesada na prisão, para eles ficarem calados.

Segundo o jornal, Michel Temer terá respondido: "Tem que manter isso, viu".

No seu depoimento aos procuradores, Joesley Batista afirmou que não foi Michel Temer quem determinou o pagamento em troca do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, mas disse que o Presidente tinha pleno conhecimento da operação, apelidada por ele de "cala-boca".

Segundo o diário, na gravação, Michel Temer também teria dito a Joesley Batista que o deputado Rodrigo Rocha Loures seria responsável por resolver uma pendência da J&F (holding que controla a empresa JBS) junto do Governo brasileiro.

Depois desta indicação, Rocha Loures foi filmado pela polícia brasileira a receber uma mala com 500 mil reais (142 mil euros) que foi enviada pelo empresário Joesley Batista.

O deputado Rocha Loures é muito próximo do chefe de Estado brasileiro, pois foi chefe de Relações Institucionais da vice-Presidência quando Michel Temer ocupava este cargo.

Após a destituição da ex-Presidente Dilma Rousseff, Rocha Loures virou assessor especial da Presidência da República e, em Março, voltou à Câmara Baixa, ocupando a vaga do actual ministro da Justiça, Osmar Serraglio.

Temer nega aval

De acordo com o jornal “Folha de São Paulo”, o Palácio do Planalto nega que o Presidente, Michel Temer, tenha cometido qualquer irregularidade.

O gabinete do chefe de Estado garante que Temer “jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio de Eduardo Cunha”, que em Março deste ano foi condenado a mais de 15 anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de capitais.

Michel Temer é Presidente do Brasil desde 31 de Agosto do ano passado, na sequência da destituição de Dilma Rousseff.

Deputado formaliza pedido de destituição de Temer

Pouco depois da notícia da gravação ser conhecida, o deputado brasileiro Alessandro Molon, do partido Rede, formalizou na quarta-feira um pedido de destituição contra o Presidente do Brasil, Michel Temer, na secretaria-geral da Câmara Baixa do parlamento.

"Já protocolei um pedido de impeachment [destituição] de Michel Temer com base nesta denúncia, nessa delação [da JBS], que trata do pedido de manutenção do pagamento de suborno para Eduardo Cunha para que ele manter o seu silêncio", disse o deputado, num vídeo divulgado na rede social Facebook.

Alessandro Molon continua a afirmar que "[a gravação mostra que o Presidente] fere directa e claramente a lei de responsabilidade [usada para iniciar pedidos de destituição no Brasil], que diz que ter um comportamento incompatível com o decoro do cargo é causa para cassação do mandato".

É o primeiro pedido de destituição contra o chefe de Estado brasileiro com base na denúncia divulgada quarta-feira pelo jornal “O Globo.”

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Carlos Monteio
    19 mai, 2017 Thetford 00:31
    O interessante e que o chefe da quadrilha ainda esta solto. Se prenderem o Lula ai e que vai haver "delacao premiada". Ele vai entregar tuodo o mundo. Ele ate entregou a mulher dele, a falecida D Marisa. Voces acham que ele nao vai entregar os outros.......Prendam ele e vao ter os nomes de todos os ladroes e corruptos.
  • Delfim
    18 mai, 2017 Moimenta 19:13
    Estava na cara que este tipo era aquilo que é - um corrupto e corruptor. Aqui em Portugal também os há - não podia ser de outra maneira pois há disto em todo o mundo. Agora, meus senhores, não digam que todos os políticos são corruptos - está errado. Felizmente em Portugal há políticos honestos e há que os reconhecer e dar-lhes o mérito merecido. Felizmente não são todos iguais e não podemos cair no perigo da generalização. Devemos pois identificar os honestos - reconhecer-lhes esse mérito e apoiar esses políticos na hora de votar. Quanto aos políticos corruptos da praça devemos identificar os mesmos, correr com eles para as prisões e não votar neles como acontece sempre! ACORDA POVO! Agradecia que desta vez publicassem!!!
  • Delfim
    18 mai, 2017 Moimenta 17:43
    Estava na cara que este tipo era aquilo que é - um corrupto e corruptor. Aqui em Portugal também os há - não podia ser de outra maneira pois há disto em todo o mundo. Agora, meus senhores, não digam que todos os políticos são corruptos - está errado. Felizmente em Portugal há políticos honestos e há que os reconhecer e dar-lhes o mérito merecido. Felizmente não são todos iguais e não podemos cair no perigo da generalização . Devemos pois identificar os honestos - reconhecer-lhes esse mérito e apoiar esses políticos na hora de votar. Quanto aos políticos corruptos da praça devemos identificar os mesmos, correr com eles para as prisões e não votar neles como acontece sempre! ACORDA POVO!!
  • Antonio Leonel Costa
    18 mai, 2017 Belas 14:49
    É próprio da actuação das Mafias que para desviar a atenção de si mesmo apontam os outros como corrutos, ladrões e vigaristas e tentam por os seus homens no poder para poderem continuar as suas acções. Arranjam na Justiça uns bandalhos corrutos como o Juiz Moro ou o nosso juiz Alexandre e com a ajuda dos medias toca de tentarem incriminar inocentes para o Povão ficar embeiçado e fascinado e esquecerem-se dos verdadeiros ladrões e corruptos. Lá no Brasil usaram a folha de S.Paulo e a Televisão Globo aqui o jornal, digo, pasquineiro SOL e Correio da Manha (sem til) com a TVI tudo em grande festa. E os ladrões verdadeiros a ficarem esquecidos e os cães dos lacaios aos gritos contra as pessoas de bem. Só não vê quem não quer porque foi tão lodobriados que agora sentem-se incapazes de aceitar a verdade. Mas a bem ou a mal vão ter que aceitar a verdade que é como o azeite vem sempre ao de cima.
  • MAIS UM
    18 mai, 2017 11:20
    NÃO ME CANSO DE DIZER QUE TODOS OS POLITICOS (SEJAM ELES DEPUTADOS, MINISTROS, PRESIDENTES OU O RAIO QUE OS PARTA) SÃO VIGARISTAS LADRÕES OPORTUNISTAS, CONCLUSÃO SÃO TUDO AQUILO QUE NÃO PRESTA. GOSTAVA DE SABER POR QUE E QUE NÃO SE CRIA UMA LEI PARA CASTIGAR SEVERAMENTE QUALQUER politico QUE SEJA NO SENTIDO DE O LEVAR PRESO POR MUITOS ANOS E LHE SER EXPROPRIADO TUDO O QUE POSSA TER. DEIXO AQUI UMA HIPÓTESE MUITO SÉRIA PARA EVENTUALMENTE SER EXECUTADA, VERIAMOS SE TODOS OS OUTROS IRIAM OU NÃO CUMPRIR COM AQUILO QUE TODOS ELES VIGARISTAS ESTÃO SEMPRE A DIZER (ALDRABAR) justiça e transparênçia, hahahahahahahahahah............................................................
  • Os serios
    18 mai, 2017 lx 11:14
    Só quando não se riem!...O que espanta é como alguns media ainda os promovem!
  • MAMM
    18 mai, 2017 Lisboa 11:07
    Na política, o feitiço vira-se contra o feiticeiro com uma rapidez incrível. Não há políticos sem telhado de vidro e isso é que é péssimo.
  • Jc
    18 mai, 2017 11:03
    Os petistas tentam agora inutilmente justificar as suas próprias ações que levaram o Brasil à desgraça.
  • Jo
    18 mai, 2017 09:54
    Os Povos têm que começar, a conhecer bem em quem Votam. O Mundo está em mudança, e é ver Senhores a se candidatarem para serem apenas guardiões de si mesmo e família, Depois de se instalarem no poleiro, querem lá saber do Povo para alguma coisa? apenas a pouco tempo de novas eleições, começam com as mentiras de sempre. ACORDEM POVOS DE TODO MUNDO.
  • Arfisil
    18 mai, 2017 Portugal 09:50
    Afinal o Temer era a pessoa que queria era enriquecer de qualquer maneira e para isso inventou a destituição de Dilma