O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-
Rússia

Izmailov, em Lisboa, pensa em ir ao Mundial 2018

21 abr, 2017 - 16:26

Médio russo tem estado a recuperar de uma lesão em Lisboa. O empresário declarou a vontade do jogador em estar presente no Mundial da Rússia.
A+ / A-

Um dos jogadores russos mais conhecido dos portugueses, Marat Izmailov, está afastado dos relvados por lesão mas quer recuperar e até marcar presença no Mundial 2018.

O antigo jogador de FC Porto e Sporting está a viver em Lisboa, a contas com um problema nos joelhos mas pretende regressar rapidamente à competição.

“O Marat está em Lisboa, com a família, a recuperar gradualmente”, revelou o empresário Paulo Barbosa ao jornal russo “Sport Express”.

O internacional russo, que alinha pelo Krasnodar, tem a família a viver em Lisboa. Na capital portuguesa, Izmailov tem feito treinos de recuperação, com o objectivo de recuperar das lesões e voltar à competição “no próximo Verão”.

Mas, acima de tudo, Marat tem como meta futura fazer parte da selecção russa que vai disputar o Mundial de 2018 em casa.

“Ele quer voltar ao nível de antigamente”, adiantou Paulo Barbosa.

“Ele gostava de jogar o Mundial e vai trabalhar para alcançar esse objectivo”, acrescentou ainda o empresário luso, que assumiu ainda que o antigo jogador de Sporting e FC Porto gostava de terminar a carreira no Lokomotiv Moscovo.

Soma 10 jogos e um golo marcado esta temporada no campeonato russo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.