O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Ataque ao autocarro do Dortmund pode ter tido motivações económicas

21 abr, 2017 - 07:24

A polícia alemã prendeu, esta sexta-feira, um homem de 28 anos, com dupla nacionalidade alemã e russa, que terá atacado o autocarro do Borussia com o objectivo de ganhar dinheiro na bolsa, face a uma eventual queda do valor das acções do clube.
A+ / A-

O principal suspeito do atentado contra o autocarro do Borussia Dortmund, ocorrido a 11 de Abril, terá agido com o objectivo de obter lucros financeiros.

A polícia alemã prendeu, esta sexta-feira, um homem de 28 anos - identificado como Sergei V. - que tem dupla nacionalidade alemã e russa e que terá atacado o autocarro com a pretensão de ganhar dinheiro na bolsa. O homem pretendia que, após o ataque, as acções do clube sofressem forte desvalorização.

O suspeito está acusado de tentativa de assassinato e de ter ferido um polícia e um jogador.

A explosão deu-se à passagem do veículo quando a equipa alemã se deslocava para ir defrontar o Mónaco.

Na sequência do ataque, o jogador espanhol Marc Batra ficou ferido e teve de ser operado.O jogo entre as duas equipas foi cancelado e adiado para o dia seguinte, onde o Mónaco se sagrou vencedor, por 3-2.

No dia seguinte ao ataque, a justiça alemã informou que o ataque estava a ser investigado como um "atentado terrorista" com "motivações islâmicas", acrescentando que tinha dois suspeitos e já tinha detido um deles.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Zé das Coves
    21 abr, 2017 Alverca 09:31
    A grande maioria dos nossos governantes Mundiais, são uns autênticos psicopatas ! um destes dias é mais grave pegar num cigarro, que numa arma, tudo pela ganancia do dinheiro !!!