O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Renascença e Fundação Francisco Manuel dos Santos lançam programa em parceria

21 abr, 2017 - 08:00

“Da Capa à Contracapa” , que se estreia este sábado, vai descodificar os grandes temas do país e do mundo. Todos os sábados, na rádio e na internet.
A+ / A-
Mário Laginha faz genérico para a Renascença. "Há sempre uma primeira vez"

A Renascença tem um novo espaço para ler e descodificar a actualidade. Chama-se “Da Capa à Contracapa”, é feito em parceria com a Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS) e vai abordar os grandes temas da actualidade portuguesa e global.

Todos os sábados, às 9h30, o jornalista da Renascença José Pedro Frazão modera um debate que conta com um elemento da FFMS e um autor de um ensaio ou estudo com chancela da FFMS.

O primeiro programa é dedicado às eleições presidenciais francesas, contando com as participações de Jaime Gama (ex-presidente da Assembleia da República e presidente do conselho de administração da FFMS), o politólogo Pedro Magalhães e Joana Carvalho Fernandes, autora do livro “A Porteira, a Madame e Outras Histórias de Portugueses em França”.

O “Da Capa à Contracapa”, que estará também disponível no site da Renascença e em podcast, vai abordar temas como a demografia, o trabalho, as exportações, o território, as migrações, os sistemas partidários, o ambiente, as ciências e a tecnologia.

“São temas que a FFMS trata editorialmente, através de ensaios produzidos com a colaboração de vários especialistas, e que se identificam também com o posicionamento da Renascença, tais como o futuro do projecto europeu, as migrações ou o ambiente”, afirma Pedro Leal, director-geral de produção da Renascença.

“Editorialmente, o objectivo da Renascença nesta parceria é contribuir para um debate inquieto, esclarecedor e livre sobre os temas estruturantes da contemporaneidade”, acrescenta.

“Ser livre. Ter opinião. Esta não é só a assinatura da Fundação Francisco Manuel dos Santos. É a convicção que temos que o acesso ao conhecimento e à informação são formas insubstituíveis de melhorar a sociedade em que vivemos. Queremos ao lado da Rádio Renascença ir da capa à contracapa em assuntos, temas e histórias que nos mobilizem para a participação cívica. Todos os sábados de manhã as vozes de grandes autores irão acompanhar-nos como só a rádio sabe fazer. Como se o programa fosse feito unicamente para cada um de nós”, diz o director executivo da FFMS, David Lopes.

O genérico do “Da Capa à Contracapa” é da autoria do compositor e pianista Mário Laginha, que assim se estreia na composição de "jingles" para rádio. (veja o vídeo em cima)


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.