O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

​187 reclamações dia. Maioria das queixas visa telecomunicações e transportes

20 abr, 2017 - 09:14

Nos primeiros três meses do ano foram registadas 16.702 reclamações pelo Portal da Queixa, um aumento de 167% relativamente a igual período de 2016.
A+ / A-

As reclamações apresentadas pelos portugueses dispararam no primeiro trimestre deste ano, com mais de 16.700, a maioria das quais visa as operadoras de telecomunicações e empresas de transporte, segundo dados do Portal da Queixa.

De acordo com os dados a que a agência Lusa teve acesso, só nos primeiros três meses do ano foram registadas 16.702 reclamações pelo Portal da Queixa, um aumento de 167% relativamente a igual período de 2016.

Entre Janeiro e Março, o Portal da Queixa recebeu em média 187 reclamações por dia, a maioria das quais visa as operadoras de telecomunicações, empresas de transporte e logística e entidades públicas.

Os dados divulgados pelo Portal da Queixa mostram um crescimento na procura desta plataforma por parte dos consumidores portugueses para dirigirem as suas reclamações às marcas e entidades públicas em Portugal.

Com uma comunidade de mais de 127 mil utilizadores inscritos, o Portal da Queixa registou o seu maior crescimento nos primeiros três meses do ano, com uma média de 7.000 novos registos por mês.

De acordo com o presidente do Portal da Queixa, Pedro Lourenço, a plataforma tem vindo a tornar-se numa "referência para os consumidores na sua relação com as marcas e, por isso, é clara e evidente a alteração do paradigma das reclamações em Portugal".

"A mudança de paradigma é tão evidente que o número de reclamações aumentou de forma exponencial e ultrapassou os nossos objectivos iniciais: nos primeiros três meses de 2017", refere o responsável pela plataforma, citado num comunicado.

Nos primeiros três meses do ano, o Portal da Queixa ultrapassou os cinco milhões de páginas visitadas de mais de 3.300 marcas, representando um aumento de 67% face ao período homólogo.

O Portal da Queixa permite comparar as marcas do mercado com base num Índice de Satisfação, ler as últimas notícias na área do consumo e consultar alertas para possíveis práticas de burla.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Carlos Silva
    14 out, 2017 Recarei 18:19
    Costumo ouvir relatos desportivos na RR, e não o meu espanto quando reparei que não transmitiram o jogo Lusitano Évora - FC PORTO para a Taça de Portugal. Já não falo no ostracismo a que são votados clubes como o Boavista, Vitória de Guimarães ou Sporting Clube de Braga. Quando são os clubes de Lisboa o tratamento é bem diferente. Continuem assim.