O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Papa saúda 80 anos da Renascença, "artista de excepção"

10 abr, 2017 - 13:21

A Renascença assinala esta segunda-feira 80 anos da sua fundação. E Francisco quis estar presente através de uma mensagem.
A+ / A-
Papa saúda 80 anos da Renascença, "artista de excepção"
Papa saúda 80 anos da Renascença, "artista de excepção"

O Papa Francisco saudou a Renascença pelos seus 80 anos e expressou a “viva gratidão da Igreja” pelo trabalho da emissora católica portuguesa.

Numa mensagem (em PDF) assinada pelo Angelo Becciu, substituto da Secretaria de Estado de Sua Santidade, o Papa Francisco saúda aqueles que “têm servido a Igreja através do trabalho diário” na Renascença, “que tem levado a todo o Portugal e ao imenso mundo lusófono o Evangelho de Jesus, semeando no coração da humanidade a entreajuda fraterna e a misericórdia de Deus”.

“No papel importante de narrador da boa notícia presente na realidade de cada história e no rosto de cada pessoa, aparece como artista de excepção a Rádio Renascença”, responsável por “múltiplas iniciativas evangelizadoras”, diz a mensagem.

O texto cita a mensagem do Papa no fim do Jubileu Extraordinário da Misericórdia. “É a hora de dar espaço à imaginação a propósito da misericórdia para dar vida a muitas obras novas, fruto da graça. A Igreja precisa de narrar hoje aqueles ‘muitos outros sinais’ que Jesus realizou e que ‘não estão escritos’”, afirmou.

A Renascença assinala esta segunda-feira 80 anos da sua fundação. Esta manhã, as quatro rádios do Grupo Renascença Multimédia (Renascença, RFM, Sim e Mega Hits) ouviram-se a uma só voz, numa emissão especial.

O presidente do Conselho de Gerência do Grupo Renascença Multimédia, padre Américo Aguiar, quer que a rádio possa celebrar o seu centenário no seu próprio canal de televisão.

Numa missa celebrada esta segunda-feira na capela de S. Francisco de Sales, nas instalações da Renascença em Lisboa, o cardeal patriarca de Lisboa deixou três conselhos para o trabalho futuro da emissora.

“Não gritar, não cortar, não desistir. E com este programa de Jesus Cristo nós podemos continuar porque ele está garantido pelo próprio Deus. Mesmo quando O quiseram calar, a Sua ressurreição falou mais alto e dois mil anos depois nós estamos aqui nesta Páscoa permanente na justiça de Deus no mundo, tal como se revelou na cruz do Senhor Jesus. Aí temos a glória e o futuro. Então assim, serenamente, não gritar, não cortar, não desistir por mais 80 anos e os mais que forem”, afirmou D. Manuel Clemente.

Quatro rádios, uma emissão, mais de quatro milhões de ouvintes
Quatro rádios, uma emissão, mais de quatro milhões de ouvintes
80 Anos Renascença. "Em nome de todos os portugueses", Marcelo agradece a rádio "pioneira e precursora"
80 Anos Renascença. "Em nome de todos os portugueses", Marcelo agradece a rádio "pioneira e precursora"
"Bombeiros portugueses são exemplares"
"Bombeiros portugueses são exemplares"
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Joaqum Santos
    10 abr, 2017 Tojal 20:09
    Os meus parabéns à Renascença.