|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Síria. Pelo menos 58 mortos em ataque com armas químicas

04 abr, 2017 - 11:40

A denúncia partiu do Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

A+ / A-

Um ataque com armas químicas provocou, esta terça-feira, a morte a pelo menos de 58 pessoas numa zona controlada pela oposição síria.

A denúncia partiu do Observatório Sírio dos Direitos Humanos, que aponta para que 11 dos mortos sejam crianças. Mais de 60 pessoas estão feridas e hospitalizadas, acrescenta a ONG, que diz não ter dados sobre o agente que terá sido usado no ataque.

O bombardeamento ocorreu na localidade de Khan Sheikhoun, na província de Idlib, uma das últimas sob controlo da oposição a Bashar al-Assad

O exército da Síria já rejeitou a acusação de utilização de armas químicas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Mário Guimarães
    07 abr, 2017 Lisboa 13:25
    Outra vez os amaricães para tentarem convencer o Mundo tal e qual como no Iraque com as armas de destruição maciça. Tal e qual como fizeram contra nós em África para colocarem governos fantoches em África e em Portugal. Bendito Salazar que nunca vergou a estes pulhas!
  • mara
    06 abr, 2017 Portugal 22:14
    Uma monstruosidade, que Deus coloque juízo na cabeça da humanidade.