A+ / A-

Turismo religioso através de um clique em Lisboa

27 mar, 2017 - 20:09

Além das celebrações da Quaresma, a Sé Patriarcal e o Núcleo Museológico do Mosteiro de São Vicente de Fora são alguns dos destaques do novo site lançado pelo Patriarcado de Lisboa.

A+ / A-

O Patriarcado de Lisboa lançou esta segunda-feira um site e uma aplicação para telemóvel sobre o património histórico e religioso da capital. Os turistas, nacionais e internacionais, conseguem aceder aos eventos, celebrações, história, localização e horários de mais de 120 igrejas e santuários lisboetas.

Sem papéis ou brochuras, o utilizador consegue pesquisar qualquer igreja de Lisboa e os percursos por elas disponíveis. Cada percurso oferece tanto informações sobre cada uma das igrejas, como também da história da cidade. As liturgias em língua estrangeira também podem ser encontradas no site.

A Sé Patriarcal é a igreja destacada pela Quo Vadis Lisboa, plataforma multimédia do Patriarcado, com uma galeria de imagens e respectiva história. A visita do Tesouro da Sé é também recomendada.

A plataforma do Patriarcado permite ainda aceder a informações pertinentes sobre os museus de Lisboa. Em destaque está o Núcleo Museológico do Mosteiro de São Vicente de Fora. Por meio de imagens, é possível visitar o museu e a pintura de Santo António com o Menino e a Virgem.

Em época de Quaresma, a Quo Vadis inclui a localização de cada via-sacra a realizar na capital.

Outro evento em destaque é o centenário das aparições em Fátima. A plataforma sugere a peregrinação ou a visita ao Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

Toda a informação disponibilizada pelo Patriarcado de Lisboa encontra-se em português e inglês. A partir de Abril, as línguas francesa e espanhola serão incluídas no site e na aplicação.

A Quo Vadis teve o seu início em 2016 com o lançamento do primeiro volume do Guia das Igrejas da Cidade de Lisboa. O objectivo do livro e agora da plataforma multimédia é facilitar o acesso de todos os turistas à informação cultural e espiritual da capital portuguesa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.