O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Enfermeiros ganham nas 35 horas e desconvocam greve

24 mar, 2017 - 18:42

O sindicato dos enfermeiros portugueses tinha anunciado uma greve geral nacional de 40 horas nos dias 30 e 31 de Março, mas conseguiu negociar com o Ministério da Saúde um compromisso nas questões acerca do horário de trabalho e do pagamento de horas.
A+ / A-

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) desconvocou esta sexta-feira a greve geral nacional marcada para quinta e sexta-feira da próxima semana, anunciou o presidente da estrutura, justificando com os compromissos assumidos pelo Ministério da Saúde. José Carlos Martins falava em conferência de imprensa, na sede do SEP em Lisboa.

O SEP, disse, esteve reunido na quarta-feira com o ministro e secretários de Estado da Saúde, tendo havido acordo em relação a algumas das reivindicações, como 35 horas de trabalho semanais para os enfermeiros e a reposição do pagamento das horas de qualidade.

O sindicato dos enfermeiros portugueses tinha anunciado uma greve geral nacional de 40 horas nos dias 30 e 31 de Março, exigindo as 35 horas de trabalho semanais para todos, a reposição do pagamento das horas de qualidade e o pagamento de 700 mil horas extraordinárias em dívida.

A reunião com o ministro da saúde seria "determinante" para concretizar ou não este protesto.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.