|
A+ / A-

Canonização dos pastorinhos é "uma alegria imensa" para a postuladora da causa

23 mar, 2017 - 13:20

A irmã Ângela Coelho assume que a possibilidade de a canonização se fazer a 13 de Maio, em Fátima, seria algo "muito especial", mas nota que será "onde e quando o Santo Padre entender".

A+ / A-
Papa aprova canonização dos pastorinhos Francisco e Jacinta
Papa aprova canonização dos pastorinhos Francisco e Jacinta

Veja também:


A postuladora da causa da canonização dos pastorinhos de Fátima diz ter recebido "com uma alegria imensa" a notícia da aprovação do milagre dos pastorinhos de Fátima, que abre caminho à canonização de Francisco e Jacinta Marto.

"É este o trabalho que temos vindo a desenvolver, ao longo destes últimos anos", diz a irmã Ângela Coelho, à Renascença.

"O facto de o Santo Padre ter promulgado hoje a aprovação do decreto do milagre atribuído à intercessão de Francisco e Jacinta Marto é um momento muito feliz na história desta causa e na história de todos quantos fomos trabalhando para tentar sublinhar, salientar estas duas figuras luminosas que são Francisco e Jacinta", adianta Ângela Coelho

A postuladora sublinha que "isto significa que, a partir de agora, o Santo Padre irá decidir quando vão ser canonizados", mas assume uma vontade: "Obviamente, aqui, a 13 de Maio."

"Uma vez que o Papa vem como peregrino ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima, pode fazê-lo na Cova da Iria, seria um momento muito especial se for em Fátima", diz a irmã Ângela Coelho, sublinhando que "seria um momento muito especial, sobretudo para os peregrinos de Nossa Senhora, para os milhões de espectadores e ouvintes da rádio que nos estarão a ouvir e a viver connosco o momento do centenário da aparições".

Ângela Coelho nota, contudo, que a canonização ocorrerá "quando o Santo Padre entender" e Francisco "poderá preferir fazê-lo em Roma, numa data a estabelecer, com outras canonizações".

"Estamos a aguardar com muita liberdade e com muita serenidade aquilo que o Santo Padre determinar. O Papa Francisco será, sem dúvida, guiado pelo Espírito Santo, também nesta decisão", remata a postuladora da causa da canonização dos pastorinhos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.