O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Éder não foge à responsabilidade. "Objectivo é vencer todos os jogos"

21 mar, 2017 - 10:36

Portugal defronta a Hungria, no sábado, no Estádio da Luz. Avançado anuncia uma equipa motivada para o desafio.
A+ / A-
Éder: "Cada jogo é como se fosse uma final para nós"

Com dois pontos de vantagem sobre a Hungria, na luta pelo apuramento directo para o Mundial 2018, Portugal está obrigado a vencer para alargar a margem sobre a equipa de Leste, no Grupo B, liderado pela Suíça, com 12 pontos.

Éder não foge a essa responsabilidade e determina que "o objectivo é vencer todos os jogos". "Espero vencer a Hungria, é um adversário difícil, com o qual jogámos no Euro", recorda o avançado, esperando que o resultado, desta vez, seja diferente do emocionante 3-3 de Lyon.

O herói da final de Paris não jogou essa partida no Euro 2016 e refere que para o desafio de sábado, "mais importante do que jogar é vencer".

Equipa sem ansiedade

Apesar da pressão existente, Éder esclarece que os jogadores "não sentem ansiedade". O sentimento no balneário, determina, é de "confiança". "Estamos todos motivados", completou o avançado do Lille.

Questionado sobre a época difícil que vive em França, em que é constantemente apupado pelos adeptos gauleses, Éder entende que é "complicado para eles". Afinal, trata-se do jogador que personifica a perda do título europeu.

Portugal defronta a Hungria no sábado, no Estádio da Luz, em Lisboa. O jogo é às 19h45, tem relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.