O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

EUA e Reino Unido vão proibir aparelhos electrónicos maiores que telemóveis em alguns voos

21 mar, 2017 - 09:22

Medida surge devido a uma ameaça terrorista não especificada e aplica-se a 13 países.
A+ / A-

A administração de Donald Trump decidiu proibir transporte de aparelhos electrónicos maiores do que um telemóvel em voos a partir do Médio Oriente e Norte de África.

A medida surge em resposta a uma ameaça terrorista não especificada e aplica-se apenas às cabines de passageiros, sendo que os dispositivos terão de ir para o porão de bagagem.

Esta nova proibição vai abranger voos de 13 países. Uma fonte ouvida pela agência Reuters especificou que as companhias sediadas na Jordânia e na Arábia Saudita vão ser inseridas na proibição.

A “limitação” de transportar computadores portáteis e tablets na bagagem de mão deve ser anunciada pelo Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos esta terça-feira, segundo a Reuters.

A BBC acrescenta que o Reino Unido vai seguir o mesmo caminho. Segundo os britânicos da BBC, a proibição aplica-se ás linhas aérias domésticas e a oito estrangeiras. Nenhuma companhia portuguesa é afectada pela proibição.

[Notícia actualizada às 17h05]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.