O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Bernardo Silva. "Com Rui Vitória, talvez tivesse chegado à equipa principal do Benfica"

20 mar, 2017 - 17:30

Jorge Jesus não aproveitou o potencial de um dos canhotos mais apetecíveis do futebol europeu mas Bernardo Silva não lhe guarda "mágoa". Médio do Mónaco elogia Leonardo Jardim.
A+ / A-

Bernardo Silva faz uma reminiscência muito particular, relativamente à passagem efémera pela equipa principal do Benfica. Para o jovem médio de 22 anos, com Rui Vitória, a história seria outra.

A história é sobejamente conhecida: o médio-ofensivo que agora "explode" no Mónaco, encantando plateias à custa de primorosos dotes técnicos, não teve oportunidade de se afirmar na Luz, ainda na "era" Jorge Jesus. Com o então técnico dos encarnados a vedar-lhe os caminhos do esplendor e a querer adaptá-lo a lateral-esquerdo, Bernardo acabaria por ser vendido aos monegascos, a troco de 15 milhões de euros.

Esta segunda-feira, à margem de um evento promocional da marca desportiva que o representa, o internacional "AA" por Portugal foi direito ao assunto.

"Se com Rui Vitória teria sido diferente? Talvez, possivelmente, porque o Rui Vitória tem apostado na formação. Com ele talvez tivesse chegado à equipa principal do Benfica", afirmou o canhoto que, ao serviço dos seniores do Benfica, realizou apenas três jogos.

"Triste" mas sem "mágoa" em relação a JJ

Apesar de desiludido quanto a uma história à qual já se referiu por "várias vezes", Bernardo Silva assegura que não fica com "mágoa" de Jorge Jesus.

"Fiquei um bocadinho triste por não ter tido a oportunidade de representar a equipa principal do Benfica. Estive no Benfica dos 7 aos 19 anos e esse era o meu grande objectivo. Felizmente, tomei uma boa decisão", proferiu.

"Leonardo Jardim ensinou-me muito"

O destino parece dar-lhe razão. Só na presente temporada, sensacional a todos os níveis, o Mónaco comanda a Ligue 1 e está nos quartos-de-final da Liga dos Campeões. No aspecto pessoal, Bernardo Silva soma já nove golos em 44 desafios. E inúmeras assistências pelo meio.

Na génese do aparecimento como um dos valores mais sólidos, está o treinador Leonardo Jardim.

"É um grande treinador. Tenho muito a agradecer-lhe, ensinou-me muito. Se não é o melhor, está entre os melhores", elogiou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.