O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

FIFA afasta árbitro por influenciar resultado

20 mar, 2017 - 17:00

Ganês Joseph Odartey Lamptey foi suspenso de forma vitalícia por erros cometidos no África do Sul-Senegal.
A+ / A-

O Comité Disciplinar da FIFA afastou de toda a actividade ligada a futebol Joseph Odartei Lamptey, depois de o árbitro ganês ter influenciado o resultado do encontro entre África do Sul e Senegal, da qualificação para o Mundial 2018.

Segundo o organismo que tutela o futebol mundial, o juiz violou a alínea 1 do artigo 69 do Código de Disciplina do organismo, sendo assim afastado de forma vitalícia das competições nacionais e internacionais.

Em comunicado, a FIFA esclarece que o caso remonta ao jogo a contar para a zona africana de qualificação para o Mundial 2018, com o Senegal a sofrer o primeiro golo através de uma grande penalidade que surge depois de Rodgers cabecear para as pernas de Koulibaly, com Lamptey a assinalar pénalti.

A Federação Senegalesa de Futebol tinha pedido à Confederação Africana de Futebol (CAF) e à FIFA que o árbitro fosse investigado. Para os senegaleses, o Lamptey "adoptou decisões escandalosas em favor da selecção sul-africana".

A CAF já havia suspendido Lamptey, que esteve nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, por três anos. A FIFA confirmou a decisão, esta segunda-feira e a mesmaimpede o árbitro, de 42 anos, de dirigir jogos oficiais para o resto da vida, bem como provas de futebol nacionais ou internacionais.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.