O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Dinossauros na rua?! Sim, na Lourinhã

19 mar, 2017 - 17:24 • Ana Carrilho

Entre 13 a 15 de Agosto vai ser possível ver dinossauros na rua da vila. A iniciativa foi este domingo apresentada na BTL.
A+ / A-

“Os Dinossauros saem à rua” é uma iniciativa que o Museu da Lourinhã vai organizar de 13 a 15 de Agosto e que vai pôr nas ruas da vila diversas réplicas de animais pré-históricos.

É uma forma de chamar a atenção para o Parque dos Dinossauros que, segundo Fernando Oliveira, vice-presidente desta autarquia do Oeste, vai ser inaugurado ainda este ano.

Terá cinco circuitos, com 150 réplicas em tamanho natural, e vai custar 4,5 milhões de euros, financiados em parte pelo Turismo de Portugal, em parceria com a câmara e um investidor privado.

A novidade foi revelada na Feira Internacional de Turismo de Lisboa (BTL) onde a autarquia apresentou a Lourinhã como “um destino que vale a pena explorar”.

Anualmente visitam o Museu cerca de 25 mil turistas mas o Parque pode elevar a fasquia para 150-200 mil, nas contas do vice-presidente.

Mas este é apenas um dos motivos de atracção. Os 12 quilómetros de costa têm diversas praias com bandeira azul e em várias, a prática do surf ganha peso. Passeios pedestres ou de bicicleta, geocaching e birdwatching afirmam “o factor diferenciador da nossa costa no eixo Sol e Mar” diz Fernando Oliveira.

Destaque ainda para o património material e imaterial, em que se incluem os moinhos eólicos que a Câmara gostaria de ver classificados pela UNESCO.

A Lourinhã dispõe também de um Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro. Este ano, entre 14 e 16 de Julho vai ser feita uma recriação histórica da batalha e um Mercado Oitocentista. O tema é “Vimeiro na Rota do Turismo Militar”.

O vídeo promocional apresentado na BTL destaca ainda outros produtos diferenciadores que servem de base a outros tantos festivais: a aguardente DOC da Lourinhã, o polvo e a abóbora.

Segundo o vice-presidente da Câmara da Lourinhã, o concelho tem cerca de 500 camas e há projectos de expansão e qualificação de outras unidades.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.