|
A+ / A-

Marcelo agradece a Aura Miguel na apresentação de livro sobre Papa Francisco

15 mar, 2017 - 20:46

O Presidente falava no lançamento de “Conversas em Altos Voos. Encontros e Entrevista com o Papa Francisco”, o novo livro da jornalista da Renascença.

A+ / A-

"Como católico, português e Presidente da República", Marcelo Rebelo de Sousa agradece à jornalista da Renascença Aura Miguel pelo seu novo livro sobre o Papa Francisco.

"Ela teve, como a minha geração também teve, um Papa que a marcou muito, que foi João Paulo II, e será até mais próxima do Papa Bento XVI. Mas a Aura, com este livro, mostra uma coisa muito importante para nós cristãos. Para nós o nosso Papa é o Papa de cada momento", disse Marcelo Rebelo de Sousa na apresentação de “Conversas em Altos Voos. Encontros e Entrevista com o Papa Francisco”, que decorreu esta quarta-feira, em Lisboa.

O Presidente da República, que escreveu o prefácio do livro, considera que a jornalista vaticanista conseguiu “entender e aproximar-se” do Papa Francisco, “o que prova um grande acto de humildade”.

“Conversas em Altos Voos. Encontros e Entrevista com o Papa Francisco” chega às livrarias a dois meses da visita do Bispo de Roma a Fátima, por ocasião do centenário das aparições.

No livro Aura Miguel conta como conheceu Francisco, detalhes inéditos sobre como é viajar com o Papa Francisco e como é o seu estilo descontraído, dentro do avião e não só. Inclui ainda a entrevista de uma hora que o Papa concedeu à Renascença, em Setembro de 2015.

Aura Miguel, licenciada em Direito pela Universidade Católica e com uma pós-graduação em Ciências da Informação, é jornalista desde 1982. É especialista de assuntos religiosos e tem efectuado a cobertura jornalística ao lado dos Papas João Paulo II, Bento XVI e Francisco ao longo de quase 100 viagens apostólicas.

É a única vaticanista portuguesa que habitualmente integra a comitiva de jornalistas que viaja a bordo do avião papal.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Maria Santos
    15 mar, 2017 Almada 21:35
    O PR tem vindo, sistematicamente a exceder as suas funções. A sua simpatia é...um excesso.