O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Como levar os alunos a gostar da escola? “Têm de passar a ser criadores de conteúdos”

09 mar, 2017 - 11:05

Professor lançou um livro que lança uma reflexão sobre “A Escola que Temos e a Escola que Queremos".
A+ / A-

Já foi considerado um dos professores mais inovadores do mundo pela Microsoft. Rui Lima lançou o livro “A Escola que Temos e a Escola que Queremos”, no qual pretende lançar um olhar sobre as principais preocupações de pais, alunos e professores.

Em entrevista a Carla Rocha – Manhã da Renascença, Rui Lima lança algumas pistas sobre o que considera ser uma escola mais adequada.

“O mundo mudou muito nos últimos 10, 15, 20 anos mas a escola continua como há 150 anos”, diz o docente. Rui Lima acredita que é essa falta de mudança que leva a que muitos alunos digam que não gostam da escola.

Se assim pensa, melhor o fez. Nas suas aulas, este professor do primeiro ciclo diz que as crianças têm muito voto na matéria.

“Os meus alunos decidem muito. Eles têm de deixar de ser consumidores de conteúdos para passarem a ser criadores de conteúdos”, defende.

Rui Lima defende também um maior envolvimento dos pais na comunidade escolar.

Este docente acredita que “as mudanças não vêm por decreto” e defende uma revolução lenta e muito reflectida.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • josé
    09 mar, 2017 lousada 12:47
    bonito! os alunos vão criar um conteúdo que se chama operações algébricas, vão criar novas formas de adicionar, subtrair e dividir e multiplicar. talvez 7x5 venha a ser igual a 78 ou 521...vamos ver.