|
A+ / A-

Relatora da ONU sugere comissão de inquérito sobre abusos na Birmânia

03 mar, 2017 - 14:00

Yanghee Lee quer que se investigue a discriminação “sistemática, estrutural e institucional” contra os Rohingya, a minoria muçulmana que vive naquele país.

A+ / A-

A relatora da ONU para os direitos humanos na Birmânia pediu, na quinta-feira, à organização que estabeleça uma comissão de inquérito sobre os abusos aos direitos humanos naquele país.

Yanghee Lee fala na necessidade de se criar uma comissão, a mais alta instituição de averiguação das Nações Unidas, para se investigar a “discriminação sistemática, estrutural e institucional em termos políticos, de direito e de prática, bem como perseguição de longa data contra os rohingya e outras minorias no Estado de Rakhine”.

Em causa estão os atentados aos direitos humanos que têm sido denunciados ao longo dos anos, com agravante nos últimos meses, contra a minoria rohingya, incluindo limpeza étnica, assassinatos e destruição de propriedade, entre outros.

Testemunhos de sobreviventes falam de casos de infanticídio, pessoas queimadas vivas e violações em massa e a perita das Nações Unidas diz que poderá tratar-se de crimes contra a humanidade.

A formação de uma comissão de inquérito requer a aprovação de uma resolução pelo Conselho de Segurança o que, segundo a Agence France Presse, poderá acontecer ainda este mês.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Otário cá da QUINTA
    04 mar, 2017 Coimbra 12:43
    Relatora da ONU sugere !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Já cá ando há setenta e tal anos e desde criança que sempre ouvi muitos " moralistas " apregoar lindos sermões, sermões para inglês ouvir, mas na prática o que lhes interessa é O LUGAR QUE OCUPAM , para viverem de REGO CHEIO e os desgraçados nascem, " vivem " e morrem a serem abusados de todas as maneiras incluindo a escravatura. TENHAM UM POUCO DE CARACTER, seus sem VERGONHA.