|
A+ / A-

​D. Manuel Clemente. Que a Quaresma ajude a "converter o olhar"

01 mar, 2017 - 20:06 • Ângela Roque

Mensagem do cardeal patriarca de Lisboa foi divulgada durante a eucaristia desta Quarta-feira de Cinzas. Renúncia quaresmal deste ano em Lisboa destina-se às obras no seminário dos Olivais.

A+ / A-

Veja também:


"Para vermos donde Deus nos vê". Assim se intitula a mensagem de D. Manuel Clemente para a Quaresma de 2017, lida durante a homília da missa de Quarta-feira de Cinzas, que celebrou na Sé Patriarcal de Lisboa.

O cardeal patriarca de Lisboa espera que esta Quaresma ajude "a convertermos o olhar. Como é necessário, como é urgente", porque, afinal, "ser cristão é substancialmente um outro modo de ver". D. Manuel Clemente desafiou os católicos a reduzirem o "consumo de bens, para maior atenção e correspondência às necessidades dos outros".

"Olhemos um pouco em redor, pelas notícias que se propalam, as novidades que se anseiam, os comentários que se fazem e as culpas e desculpas que se distribuem à vez. Olhemos realmente para tudo isto e façamo-lo agora com 'olhos de ver'”. Mas, “na precipitação com que vamos, na excitação que nos induzem, ficamos tão pela rama, vogamos tão longe do olhar de Deus. Do olhar de Deus sobre nós e os outros", afirmou.

Lembrando que na Quaresma há sempre "uma renúncia diocesana em favor de necessidades mais prementes", que o ano passado juntou "cerca de 250 mil euros para responder a várias urgências sócio-caritativas", D. Manuel Clemente anunciou que os donativos deste ano se destinam "a obras no Seminário dos Olivais", onde "se formam os futuros padres para o Patriarcado de Lisboa e para outras dioceses de Portugal, África e Índia”. Alguns “gratuitamente", lembrou, acrescentando que "a manutenção e os custos deste inestimável serviço eclesial são consideráveis, ainda que feitos com muita contenção".

A parte do edifício do seminário que vai ser restaurada corresponde à que tem acolhido a Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), que dali sairá no próximo Verão. "Assim poderemos cumprir a indicação da Congregação para o Clero que prevê um 'tempo propedêutico', sempre que possível em casa própria, como será o Seminário de Caparide, e um Seminário Maior onde se façam depois os estudos filosóficos, teológicos e pastorais", esclareceu o Cardeal Patriarca.

A CEP, e vários dos seus serviços, irão para a Quinta do Bom Pastor, na Buraca, local onde já está instalado o Grupo Renascença Multimédia.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.