A+ / A-

"Faith’s Night Out". Uma espécie de TED Talks em que até Ricardo Araújo Pereira fala

13 fev, 2017 - 19:25 • Ângela Roque

Evento quer falar aos jovens de temas que os preocupam. Este ano há um não crente entre os oradores: o humorista Ricardo Araújo Pereira.
A+ / A-

É uma espécie de TED Talks para falar de fé. Entre os 12 oradores da quarta Faith’s Night Out, que acontece no sábado, no Centro Congressos de Lisboa, está um não crente: Ricardo Araújo Pereira.

“São 1.400 lugares, que esgotaram em 14 dias. E temos uma lista de espera gigante!”, diz Margarida Montanha Rebelo, membro da organização.

Inspirar quem ouve é o objectivo deste encontro promovido pelas Equipas de Jovens de Nossa Senhora (EJNS). O projecto surgiu por uma necessidade.

“Em 2013 tínhamos um encontro internacional das Equipas e precisávamos de angariar fundos. Começámos a ver o que fazer, o que fazia falta, e percebemos que faltavam oportunidades de formação, para as pessoas responderem a perguntas que tinham. E então surgiu isto”.

No primeiro FNO reuniram 200 pessoas num auditório, mas “correu tão bem que no segundo ano já foram 400, depois 600". "E este ano demos um salto enorme!”, reforça.

As perguntas “difíceis”

A quem se dirige o Faith’s Night Out? O público-alvo “são pessoas entre os 20 e os 30 anos, que é a altura em que nos deparamos com perguntas mais difíceis”, explica. Muitas são dúvidas relacionadas com as questões da fé, mas não só: “Uma pergunta actual, por exemplo, é, neste mundo de tantas catástrofes naturais e ataques terroristas, e em que parece que tudo é difícil e árido, em que é que pomos a nossa confiança? Em que é que vale a pena confiar? Vai ser o Rui Marques, da Plataforma de Apoio aos Refugiados, a falar-nos sobre isto”.

Outro tema está relacionado com a responsabilidade social: “Fala-se muito disto hoje, mas o amor cristão, aquilo que nos move a nós cristãos a dar de nós, é um bocadinho diferente. Por isso pedimos a uma família que tem quatro filhos e adoptou uma menina com trissomia 21, que nos venha falar sobre isto”.

Outro dos oradores será o bispo de Setúbal, D. José Ornelas. “Há um tempo para tudo debaixo do céu” é o tema da sua intervenção, “para mostrar como é bom e importante viver com os olhos postos no futuro, e não apenas a pensar no imediato, porque às vezes parece que esta geração está muito pouco habituada a esperar e acha que tem de ter tudo imediatamente”.

Em anos anteriores também participaram nos encontros outros elementos da hierarquia da Igreja, como D. Nuno Brás e D. Manuel Clemente.

Aprender com um não crente

A edição deste ano tem uma novidade: a participação de um não crente, o humorista Ricardo Araújo Pereira. “Para poder olhar para nós cristãos e para nos dizer aquilo que vê em nós de positivo. Pode ser uma coisa muito boa, que nos pode fazer avaliar-nos e vermos aquilo que estamos a fazer de mal ou de bem”, diz a organizadora.

“É mesmo uma prova de confiança e de liberdade acharmos que podemos convidar uma pessoa que acredita em coisas diferentes de nós, não só porque isso não vai mudar as nossas convicções, mas porque nos põe numa posição em que ouvimos toda a gente. A Igreja sempre foi isso, sempre foi universal. Portanto, somos abertos aos outros e queremos aprender com toda a gente, sempre com o mesmo foco, sempre para enriquecer a nossa fé e nos aproximarmos de Deus, mas não excluindo caminhos que à partida não pareciam óbvios. E, portanto, estamos muitos entusiasmados com esta participação”.

O Faith’s Night Out segue o modelo das TED Talks. Cada um tem sete minutos para partilhar uma experiência pessoal e cativar quem ouve. “Pode parecer pouco, mas enriquece muito por serem tantos e tão diferentes. Não é uma coisa exaustiva, teórica sobre cada tema; é muito mais cada um dar o seu exemplo de vida e, no limite, interessar a pessoa para ela depois se poder informar e poder procurar. É muito enriquecedor”.

Com os bilhetes esgotados, e uma lista de espera de mais de 400 pessoas, Margarida Montanha Rebelo admite que numa próxima edição terá de se pensar em transmitir as intervenções pela internet.

A entrevista a Margarida Montanha Rebelo foi transmitida no espaço informativo das 12h00, na Renascença, em que, à segunda-feira damos destaque aos temas sociais e da vida da Igreja.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Marco Visan
    13 fev, 2017 Lisboa 22:25
    Ricardo Araújo Pereira é um autêntico «bluff». Já não tem graça e arrasta-se em sequências sem nexo, com a mesma cara de parvo, hoje maquilhada e cheia de plástico. Degradante!