O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
olhar europa

MNEs com agenda carregada

06 fev, 2017 - 14:32 • Vasco Gandra

Como habitualmente às segundas-feiras, lançamos um olhar aos temas que prometem dominar a semana na Europa.
A+ / A-
2017.02.06 OLHAR EUROPA
2017.02.06 OLHAR EUROPA

A semana europeia é marcada pela reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da UE que está a decorrer hoje em Bruxelas.

Os chefes da diplomacia europeia têm uma agenda carregada de pontos sensíveis. Situação na Líbia, processo de paz no Médio Oriente, e situação na Ucrânia. Este país vive de novo uma situação de instabilidade entre as forças governamentais de Kiev e os rebeldes pró-russos. Vários responsáveis do Governo de Kiev vão estar esta semana em Bruxelas para encontros com representantes da instituições comunitárias procurando apoio político e mantendo pressão sobre Moscovo para que termine o conflito no leste da Ucrânia.

Entretanto, Bruxelas acaba de anunciar a deslocação de dois comissários europeus a Washington para encontros com a administração norte-americana. Será essa uma forma de tentar, pelo menos, estancar a ofensiva verbal a que a União Europeia tem estado sujeita desde que Donald Trump chegou à Casa Branca?

Para o correspondente da Renascença em Bruxelas, Vasco Gandra, “é revelador do actual contexto”. São duas das primeiras deslocações de comissários a Washington desde que Donald Trump tomou posse. Concretamente, a vice presidente da Comissão e Alta Representante para a Política Externa e de Segurança, Federica Mogherini. E também o comissário responsável pela Migração e Assuntos Internos, Dimitrios Avramopoulos. Vão encontrar-se com os respectivos responsáveis na administração norte-americana. No centro dos encontros política externa, migração e segurança, precisamente as áreas que mais preocupação suscitam entre os europeus quando olham para o outro lado do Atlântico.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.