O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Notícia Renascença

Papa chega a Fátima às 18h00 do dia 12 de Maio

10 fev, 2017 - 07:29 • Aura Miguel

Francisco estará no Centenário das Aparições. A Renascença apurou pormenores do programa.
A+ / A-

O Papa Francisco chega a Fátima às 18h00 do dia 12 de Maio, apurou a Renascença.

O avião da Alitalia que transporta Francisco de Roma aterra na base aérea de Monte Real às 16h00, de dia 12 de Maio. Apesar de não ser uma visita de Estado, o Papa é recebido por altas individualidades do Estado e a sua chegada ao Santuário de Fátima está prevista às 18h00.

Os encontros à chegada são de carácter privado, mas isso não impede um encontro a sós com o Presidente da República e, eventualmente, outras individualidades, como já tem acontecido noutras viagens a outros países, em circunstâncias semelhantes.

A Renascença apurou que Francisco vai de helicóptero para Fátima, onde está previsto aterrar pelas 18h00 no campo de futebol, tal como aconteceu nas visitas dos papas anteriores. Depois, já no papamóvel, Francisco percorre os três quilómetros até ao Santuário, durante o qual deve acontecer o primeiro banho de multidão.

Mantendo a tradição dos papas anteriores, Francisco vai directamente à Capelinha das Aparições, onde está previsto rezar em silêncio. A sua chegada dá assim início à abertura oficial das peregrinações aniversárias.

Depois, o Papa vai recolher à Casa Nossa Senhora do Carmo, onde fica alojado no quarto já utilizado, várias vezes por João Paulo II, e por Bento XVI. É também aqui que faz as suas refeições.

À noite preside ao terço e à procissão das velas, mas não fica para a missa da noite, pois, segundo a equipa do Vaticano que organiza a viagem, a essa hora já está a fazer uma grande noitada e tem de ir dormir. Os colaboradores de Francisco garantem que habitualmente o Papa deita-se sempre cedo, porque, na manhã seguinte, gosta de se levantar pelas 4h30 para rezar até às 7h00. Se vai ou não manter esta regra em Fátima, não se sabe.

Já no dia 13 de Maio, o ponto alto é a missa solene presidida pelo Papa, razão principal da sua visita. Mais tarde, Francisco almoça com os bispos portugueses, seguindo-se o regresso à base para iniciar a viagem de regresso a Roma a bordo de um avião da TAP.

É a segunda vez que um Papa entra directamente em Portugal, usando esta base, e sem passar por Lisboa. A primeira aconteceu em 1967 com Paulo VI. Há 50 anos, percorreu os cerca de 40 quilómetros que separam Monte Real de Fátima, num grande automóvel preto descapotável – ainda não havia papamóvel.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • A propósito Ana
    10 fev, 2017 dequalquerlado 10:37
    Estes partidos como o BE e outros já começam a meter nojo. Só levam para o parlamento assuntos da treta. Que tristeza! Depois admiram-se com a abstenção. Esta democracia está toda podre. Se bem que os governos não passam de fantoches nesta u.europeia da treta. Eu já cheguei ao ponto de ver que tanto partidos de direita e da esquerda, tudo farinha da mesma estrumeira. Queria dizer do mesmo saco.
  • Ana
    10 fev, 2017 Antas 09:40
    Título da notícia incompleto. "Papa chega a Fátima às 18h00 do dia 12 de Maio; e à sua espera estará o BE com o projecto lei da eutanásia"