O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
trabalho sem fronteiras

​Europa unida na robótica

11 jan, 2017 - 13:55

Hoje vamos falar do projecto ColRobot. Trata-se de um robot de última geração vocacionado para a indústria, e que está a ser desenvolvido por um consórcio europeu que integra elementos do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Coimbra.
A+ / A-
Trabalho Sem Fronteiras - UE aposta no ColRobot (11/01/2017)
Trabalho Sem Fronteiras - UE aposta no ColRobot (11/01/2017)

O projecto conta com um financiamento comunitário de 4,3 milhões de euros. Pedro Neto é a pessoa responsável pela interacção entre o homem e a máquina. Entrevistado pelo jornalista António Pedro, este investigador começa por explicar como funciona este robot de última geração.

Os primeiros testes arrancam em Fevereiro. Pedro Neto explica o método de escolha das empresas. Pedro Neto, investigador da Universidade de Coimbra que integra o projecto ColRobot, um consórcio europeu que está a desenvolver um robot industrial de última geração. Um projecto apoiado com 4,3 milhões de fundos comunitários.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.