RR
|
A+ / A-

Mário Soares com "agravamento do seu estado geral" e sem "diagnóstico definitivo"

13 dez, 2016 - 13:07

Eduardo Barroso​, médico e sobrinho de Mário Soares, diz que o antigo Presidente, de 92 anos, "não está consciente".

A+ / A-

A equipa médica que acompanha Mário Soares acompanha com "preocupação" o estado de saúde de Mário Soares.

O antigo Presidente da República, que completou 92 anos no passado dia 7 de Dezembro, deu entrada no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, durante a madrugada, revelou o porta-voz do hospital, José Barata, na divulgação do boletim clínico de Soares.

"O doutor Mário Soares deu entrada esta madrugada no Hospital da Cruz Vermelha com um quadro de agravamento do seu estado geral", adiantou o hospital, acrescentando que nesta altura o histórico socialista está a ser avaliado e sem que até agora tenha sido "estabelecido um diagnóstico definitivo".

Questionado sobre se no decorrer desta terça-feira existiriam novas informações sobre o estado de saúde de Mário Soares, o hospital admitiu que sim. "Depende da evolução do estado de saúde", explicou.

Segundo José Barata, "o Hospital da Cruz Vermelha está a acompanhar com preocupação o evoluir da situação". "O doutor Mário Soares e a sua família agradecem a preocupação de todos neste momento delicado", referiu ainda.

Eduardo Barroso, médico e sobrinho de Mário Soares, disse esta terça-feira que o antigo Presidente da República, que deu entrada no Hospital da Cruz Vermelha esta madrugada, "não está consciente", sublinhando os 92 anos de um homem "fragilizado".

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, já foi visitar o antigo chefe de Estado ao Hospital da Cruz Vermelha.

Fonte da Presidência da República disse à agência Lusa que Marcelo Rebelo de Sousa chegou a Lisboa perto das 11h30 e seguiu para a unidade hospitalar. Pelas 12:00, a visita do Presidente da República já tinha terminado, adiantou a mesma fonte.

Marcelo Rebelo de Sousa esteve na segunda-feira em Nova Iorque para assistir à cerimónia de juramento de António Guterres como secretário-geral das Nações Unidas.

[Notícia actualizada às 15h55 com declarações de Eduardo Barroso]

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Esta gente
    29 dez, 2016 Viseu 17:05
    Mas quem pode afirmar que os comunistas iam transformar Portugal numa ditadura. Mário Soares não defendeu nada. São apenas argumentos para que o zé acredite.Tirem isso da ideia de uma vez por todas. Pretendeu mas foi ocupar os lugares políticos.
  • rosinda
    13 dez, 2016 palmela 17:48
    Se calha ja esta morto e nao dizem nada!
  • JCampos
    13 dez, 2016 Amora 17:40
    Lamento ler alguns dos comentários abaixo, trata-se tão só de um ser humano numa situação de fragilidade - certamente com o seu percurso de vida quase completo - não há necessidade absolutamente nenhuma de manifestar sentimentos que se afastam da nossa condição de seres humanos, desprezando ou humilhando um seu semelhante, que digam o que disserem será sempre o maior politico da nossa história, pós Estado Novo. Não pertenço a partidos.
  • Ricardo MArtins
    13 dez, 2016 Lisboa 15:52
    Que pena para quem ficam agora os diamantes do Savimbi e a lavandaria de branquear dinheiro que é a fundação
  • Armando Ferreira
    13 dez, 2016 Amadora 15:20
    Embora sendo discordante de grande parte dos seus ( dele ) ideais,desejo-lhe sentidas melhoras.
  • couto machado
    13 dez, 2016 porto 14:49
    Como não tenho cor política ou partidária, estou à vontade para desejar as melhoras possíveis ao senhor dr. Mário Soares. Segundo vi numa TV, o seu sobrinho e distinto médico afirmou que ele deveria ter sido transportado para outra unidade hospitalar, com mais meios para o atender melhor. Assim o entendi e espero não ter errado.
  • Eborense
    13 dez, 2016 Évora 14:20
    A idade não perdoa. Agradeço ao Dr. Mário Soares o facto do meu País, depois de 48 anos de ditadura, não ter caído noutra ditadura. A ditadura comunista.
  • António Pais
    13 dez, 2016 Lisboa 14:08
    Pode ser que lhe faltem os medicamentos como a muitos portugueses! Teríamos uma boa notícia! Pode ser que assim um dia se saibam as verdades!
  • Zé Brasileiro
    13 dez, 2016 Braga - Provincia 13:32
    Que pena ... Deu tanto ao país que quase ficava sem nada ... Um santo ...Um santo ...
  • AM
    13 dez, 2016 Lisboa 13:24
    Sr. Presidente, as suas melhoras.