O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Patriarca inaugurou sínodo diocesano

01 dez, 2016 - 17:09 • Ecclesia

Trabalhos decorrem até domingo, na primeira assembleia consultiva do género desde 1640.
A+ / A-
Patriarca inaugurou sínodo diocesano

O cardeal patriarca inaugurou esta quarta-feira os trabalhos do Sínodo Diocesano, que decorrem até domingo no Centro Diocesano de Espiritualidade, Turcifal (Torres Vedras), a primeira assembleia consultiva do género desde 1640.

D. Manuel Clemente começou por evocar, diante dos mais de 130 participantes, a figura do arcebispo de Lisboa D. Rodrigo da Cunha (1635-1643), que convocou o último Sínodo, sublinhando depois que a actual reunião tem “outro perfil e objectivo”.

O debate lançado em 2014 partiu das propostas apresentadas pelo Papa Francisco na exortação apostólica “Evangelii Gaudium”, “visando essencialmente a ‘conversão missionária das comunidades cristãs’, que não vivem para si, mas para Deus em louvor e para os outros em missão, nos novos contornos geográficos e socioculturais que esta hoje apresenta”.

A intenção de promover uma assembleia sinodal foi anunciada por D. Manuel Clemente a 22 de Janeiro de 2014.

“Assim começou a nossa caminhada sinodal de Lisboa, em que tantos fiéis participaram, pela oração, os grupos sinodais e vários ensaios de iniciativas evangelizadoras inspiradas pela exortação apostólica do Papa Francisco”, referiu o cardeal patriarca de Lisboa.

Os contributos deram origem a um documento de trabalho, cuja segunda versão vai orientar a assembleia conclusiva, lançando propostas para que D. Manuel Clemente redija a “constituição sinodal de Lisboa”, cuja divulgação se prevê para a próxima solenidade da Imaculada Conceição, 8 de Dezembro.

“Devemos acertar aqui, com base no que o documento de trabalho nos oferece, em critérios, opções e prioridades que, sendo de todos, também hão de ser para todos, como inspiração do sectorial ou local”, referiu o patriarca.

O Patriarcado de Lisboa, em comunicado, informa que os jornalistas estão convocados para uma conferência de imprensa com D. Manuel Clemente, este domingo, às 14h30, no Centro Diocesano de Espiritualidade.

A assembleia é composta por 137 participantes, entre leigos, clérigos e religiosos, que vão analisar o documento de trabalho que resultou da reflexão de mais de 1000 grupos, durante três anos.

O encerramento solene da assembleia sinodal é celebrado na Solenidade da Imaculada Conceição, às 15h30, na igreja do Mosteiros dos Jerónimos, numa cerimónia com ordenações diaconais.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.