O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Marítimo aposta em "operação de charme" para regresso da Selecção à Madeira

01 dez, 2016 - 12:50

Bancada central principal do Estádio dos Barreiros é inaugurada esta sexta-feira, para o Marítimo-Benfica.
A+ / A-

O presidente do Marítimo revela, a Bola Branca, que vai aproveitar a abertura oficial da nova bancada central do remodelado Estádio dos Barreiros para convencer a Federação Portuguesa de Futebol a fazer regressar a Selecção Nacional à Madeira.

Carlos Pereira receberá, esta sexta-feira, por ocasião do Marítimo-Benfica, o presidente federativo, Fernando Gomes e o seleccionador campeão da Europa, Fernando Santos. A missão está balizada: uma espécie de "operação de charme" para que a equipa das quinas volte a jogar no Funchal.

"É uma vontade expressa da Região Autónoma da Madeira e do Marítimo. Pelo que somos capazes de fazer, pelo que fomos capazes de fazer no passado e no futuro, vamos demonstrar que nasceu um novo espaço para a Selecção. É algo a que me proponho e, do que tenho conversado com Fernando Gomes e Fernando Santos, há também dessa parte uma grande vontade de fazer regressar a Selecção Nacional à Madeira", sustenta.

A última vez que a Selecção principal de Portugal jogou na Madeira foi nos Barreiros, a 28 de Fevereiro de 2001. Na altura, bateu Andorra por 3-0.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.