O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-
Revista de Imprensa

Alan Ruiz reina nas bancas

01 dez, 2016 - 09:29

Confira os títulos da imprensa desportiva desta quinta-feira.
A+ / A-

Alan Ruiz está em grande destaque nos três jornais desportivos, esta quinta-feira. O argentino marcou o golo do triunfo do Sporting sobre o Arouca, na Taça da Liga, e "A Bola" diz que Alan Ruiz "volta a sorrir".

No "Record": "Ruiz decide". Alan faz o primeiro golo de leão ao peito. Na edição Sul do jornal "O Jogo": "Ruiz valida a gestão". O Sporting entrou na Taça da Liga com uma vitória sobre o Arouca, por 1-0.

Na edição Norte, Nuno está em questão: "Chicote não é solução". "O Jogo" ouviu mais de uma dezena de adeptos sobre a crise do FC Porto e a conclusão é que o treinador deve continuar.

O "Record" assegura que Nuno está de pedra e cal, "A Bola" escreve que o futuro do treinador está "em xeque". Braga e Leicester decisivos para Nuno. Chineses dão 25 milhões para levar Herrera, informa o matutino.

Ainda na primeira página do jornal "O Jogo", o Benfica aposta em Kalaica e Jonas apontado ao dérbi. O Braga equaciona empréstimo de Danilo ou Celis para colmatar a ausência de Mauro, lesionado por seis meses. Ainda os problemas no Boavista. Miguel Leal tem sete baixas. Agayev e Fábio Espinho estão lesionados.

O "Record" garante que Jiménez está seguro no ataque. "A Bola" diz que Pedro Pereira está quase fechado. O Benfica está perto de garantir o lateral-direito da Sampdoria.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.