|
A+ / A-

Detido suspeito de ataque a casa de missionários em França

25 nov, 2016 - 19:10

Uma mulher morreu esfaqueada depois do ataque da noite de quinta-feira. Suspeito pôs-se a monte mas foi detido esta sexta, perto de casa.

A+ / A-

A polícia francesa deteve esta sexta-feira o suspeito de ter assassinado a porteira de uma casa para missionários reformados, perto de Montpellier, em França.

O ataque registou-se na noite de quinta-feira. O suspeito irrompeu pelo edifício e fez reféns cerca de 70 missionários reformados, antes de se pôr em fuga. Quando as autoridades entraram na casa encontraram uma mulher, funcionária da casa, morta com várias facadas.

A instituição tinha sido identificada inicialmente como uma casa de retiros onde se encontravam monges, mas ao que parece é antes um lar para missionários idosos.

Segundo a polícia francesa, não se suspeita de ligações jihadistas neste caso. O suspeito será um homem de 47 anos, com passado militar e ainda não se sabe qual terá sido o móbil para o crime.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Qual a origem?
    25 nov, 2016 Lisboa 21:11
    Era de origem Francesa?